Oswaldo pede calma e vê Palmeiras forte

O Palmeiras mudou de cara para a temporada 2015. Arouca, Zé Roberto e Dudu puxaram uma lista de 19 reforços que empolgaram a torcida. Neste início de Paulistão, porém, a grande expectativa criada em torno do time não se refletiu em resultados. Após derrotas diante da Ponte Preta e do Corinthians, o técnico Oswaldo de Oliveira pediu paciência à torcida e afirmou que o foco no estadual é a estruturação da equipe, de olho no Campeonato Brasileiro.

– Há uma possibilidade muito boa de fazer um time muito bom, mas para o Campeonato Brasileiro. Agora é difícil. Por exemplo, no ano passado, eu tinha uma garotada e jogadores experientes no Santos, e nós fizemos um Campeonato Paulista que empolgou. Mas quase todos estavam ali já. Quando você tem essa mudança mais radical, mais volumosa, fica mais difícil, principalmente, porque há um peso muito grande pelo que se passou (má campanha no Brasileirão de 2014). A expectativa fica muito maior. Se não conseguirmos controlar essa expectativa, ela vira contra nós. Temos de transformar euforia em energia. Agora é a hora de ter calma, paciência para fazer as coisas serem revertidas – disse Oswaldo, em participação no programa “Bem, Amigos!”.
O técnico afirmou que teve pouco tempo para encaixar as novas peças e, assim, dar cara ao time. Foram 19 jogadores contratados para a temporada 2015, e mais reforços ainda podem se juntar ao grupo. Durante o “Bem, Amigos!”, Oswaldo contou que foi consultado, na segunda-feira, pelo diretor executivo de futebol Alexandre Mattos sobre reforços. O técnico disse que o cartola não falou em nomes.
O comentarista Caio Ribeiro também vê o Palmeiras na briga mais pelo Brasileiro do que pelo título paulista. Assim como Oswaldo, ele pediu paciência à torcida alviverde, especialmente com o zagueiro Vitor Hugo, que falhou no lance do gol do Corinthians, no último domingo.
– O Palmeiras não é um time para ganhar o Campeonato Paulista. É para usar o Paulista para se entrosar, para se reforçar, para entender uma proposta de jogo e viver uma grande temporada em termos de Brasileiro. Por isso, não adianta por causa de duas derrotas, o torcedor não pode cair no pessimismo, não pode pegar no pé do Vitor Hugo, que falhou – disse Caio Ribeiro.

Fonte: Globoesporte.com

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post