Oswaldo vê defesa do Palmeiras instável e admite dificuldade com retrancas

Confira os detalhes da coletiva do professor Oswaldo de Oliveira após o jogo.

O treinador admitiu que ainda vê muita falha no sistema defensivo de sua equipe após a vitória por 3 a 0 contra o Rio Claro na noite desta quarta-feira (11), no Allianz Parque.

O técnico também comentou que o erro de Vitor Hugo no dérbi, que ocasionou o gol da vitória corintiana, ainda causa reflexos na confiança dos atletas. Desta vez, foi Fernando Tobio que causou arrepios na torcida.

Com seis pontos em quatro jogos, o Palmeiras é líder de seu grupo com o mesmo número de pontos do Botafogo de Ribeirão. A próxima partida está marcada para 19h30 de sábado, em Sorocaba, contra o São Bento.

Confira as melhores respostas de Oswaldo na coletiva pós-jogo:

Alívio da vitória
Ganhar é bom em qualquer circustância. Mas depois de duas derrotas, havia aquele sentimento de obrigação de vencer. Os próprios jogadores. Isso até atrapalhou no início dos jogos, ficaram ansiosos, precipitaram alguns passes, natural que isso aconteça. Eles só vão realmente repetir aquilo que tem de repetir, após jogarem mais vezes. Nos primeiros minutos, estava muito difícil. Não conseguíamos ter tranquilidade para movimentar a bola e os jogadores se movimentarem. Isso nos deu mais tranquilidade para vencer e agora, todo mundo já mais jogado, mais acostumado, mais pronto, mais tranquilos, nós vamos evoluir. Vamos ver se a gente começa acumular um número maior de vitórias.

Dificuldades no início
Foi um jogo bom. Normalmente, essa turma vem muito preparada. E são equipes com jogadores rodados, habituados com o Campeonato, não se assustam em jogar contra os adversários, os chamados grandes, então é sempre uma tarefa difícil. Tivemos bastante dificuldade, especialmente no primeiro tempo. Mas com ajuste do meio-campo, nos comportamos melhor, desenvolvemos melhor, fizemos virada de bola, e isso nos deu a chance de marcar os gols. Se a gente tiver pouco espaço para velocidade, vamos encontrar dificuldades.

Sobre defesa instável
Tem reflexo, claro, do jogo de domingo.  Gera instabilidade, a gente não teve tempo para reposicionar. Mas eu acho que a causa maior não foi o jogo de domingo. É mais um componente apenas. O único componente que estou evitando mexer é a defesa. Nos outros setores eu troco, improviso.. mas a defesa não, é a nossa base. Pelo desgaste de estar encarando.

Lucas jogando no sacrifício
Ele está jogando com uma atadura desde o Shandong Luneng, naquela que foi sua melhor partida. Dor nas costelas é sério. Quando você respira, você sabe o que é isso.  Então vou pensar seriamente em deixar ele se recuperar com mais calma com a chegada do João Pedro.

Inscrição de Gabriel Jesus
Foi uma tristeza pelo Cleiton Xavier, mas, em seguida, confesso a vocês que foi de alegria. Quando a gente fez as contas, fechou com o Gabriel. Eu não ia ter o espaço para ele. Com essa possibilidade, embora tenhamos perdido o Cleiton, acabou beneficiando o Gabriel com essa chance.

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Zé Roberto é animal!

Zé Roberto pode ser o novo animal?
Ele não tem pinta de animal, a inspiração foi o Edmundo, que é de temperamento bem diferente do Zé. Ele usou esse refrão para passar alguma coisa de entusiasmo e foi muito bem nisso. Ele vai ser reconhecido pelos seus próprios méritos. Pela maneira que ele age.

Abraço no Cristaldo
O Cristaldo fez uma boa partida, fiquei muito feliz dele fazer o gol. Ele vai crescer. É uma aposta forte do clube, um investimento. Vamos investir para que ele consiga render o que todos nós esperamos.

Fonte: Do UOL, em São Paulo

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post