Após vitória, Prass mantém cautela: “Não pode encobrir erros”

Goleiro lembra vacilos do Palmeiras na vitória sobre o Capivariano, na noite do último sábado, e pede paciência à equipe neste início de temporada

Fernando Prass tem 36 anos e é um dos jogadores mais experientes do elenco do Palmeiras. Líder de um grupo que mescla atletas jovens e veteranos, o goleiro prefere manter a cautela diante da sequência de quatro vitórias consecutivas do Palmeiras no Campeonato Paulista. Após o triunfo por 2 a 0 sobre o Capivariano, no último sábado, em casa, ele lembrou os erros cometidos pela equipe e pediu que o elenco siga consciente.

– Vencer é sempre bom. Mas, assim como as derrotas não podem prejudicar sua avaliação, as vitórias não podem encobrir os erros. Começamos o jogo a 100 por hora, criando chance em cima de chance. Depois, o Capivariano se acertou um pouco, mas tivemos a oportunidade de abrir o placar com uns 20 segundos de jogo. Foi mais tenso do que poderia ter sido – analisou o capitão alviverde.

"–Vencer é sempre bom. Mas, assim como as derrotas não podem prejudicar sua avaliação, as vitórias não podem encobrir os erros." Créditos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

“–Vencer é sempre bom. Mas, assim como as derrotas não podem prejudicar sua avaliação, as vitórias não podem encobrir os erros.” Créditos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Foi o quarto triunfo consecutivo do Palmeiras no Campeonato Paulista. Anteriormente, a equipe já havia batido Rio Claro, São Bento e Penapolense. Líder do Grupo 3, com 15 pontos, o Verdão tem cinco vitórias e duas derrotas até aqui. Antes do início do estadual, havia vencido amistosos contra Shandong Luneng, da China, e RB Brasil.

O goleiro acredita que o jogo contra o Vitória da Conquista, que marcará a estreia do Verdão na Copa do Brasil, fora de casa, na próxima quarta-feira, será um bom teste para a equipe neste início de temporada. Em formação após a contratação de 19 reforços, o Verdão precisa de uma vitória por dois gols de diferença para anular o jogo de volta.

– Não podemos pensar no futuro. Temos um jogo dificílimo pela Copa do Brasil. Todos sabem como são esses jogos contra equipes menores, que movimentam uma cidade toda. Precisamos ter bastante atenção porque vai ser encardido.

O Palmeiras volta a treinar na próxima segunda-feira, na Academia de Futebol. Uma ausência para o jogo na Bahia é a de Zé Roberto, que passará por uma cirurgia na boca e precisará de dois dias para se recuperar.

Fonte: Globoesporte.com

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post