Em 1ª coletiva, Gabriel Jesus fala da adaptação como profissional

Tímido e ainda com pouca experiência com o microfone, o menino de 17 anos, contudo, não demonstrou nervosismo ao falar com os jornalistas

Logo após participar do anúncio de parceria entre Palmeiras e Faculdade das Américas (FAM), o jovem Gabriel Jesus viveu outro momento marcante em sua curta carreira como jogador profissional: a primeira entrevista coletiva.

“É meio complicado. Prefiro encarar os zagueiros do que as câmeras (risos), mas tranquilo. Já estou me acostumando”, declarou o camisa 33, falando também sobre o seu rendimento dentro das quatro linhas. “Estou me soltando a cada dia mais, e isso acontece por questões técnicas também. Por enquanto, prefiro fazer o simples e o objetivo”, completou.

Gabriel Jesus encarou sua primeira coletiva de imprensa (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Gabriel Jesus encarou sua primeira coletiva de imprensa (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Ainda no início de sua trajetória pelo Verdão, Jesus projeta muito sucesso com a camisa verde e branca durante os próximos anos. “É muito importante por ser o meu primeiro clube e espero que seja o único no Brasil. Sou muito grato ao Palmeiras, fico feliz por vestir esta camisa e pretendo honrá-la ao máximo”, disse.

E, para que isto aconteça, o garoto mantém contato diário com os jogadores mais experientes do elenco.

“Sou bem tímido, sou mais na minha, mas, sempre que posso, eu chego e pergunto para pegar mais experiência. Acho importante estar sempre conversando para aprimorar mais ainda. Temos exemplos de atletas, assim como o Zé Roberto, que tem um físico daquele com 40 anos. Ele é um espelho para mim”, revelou.

Uma das principais promessas das categorias de base do Palmeiras, o atacante já admite uma mudança de rotina em sua vida particular, principalmente quando trata-se da torcida alviverde. “Mudou muito. Quando eu saio à rua, às vezes até no portão de casa, me reconhecem e pedem para tirar fotos”, contou Gabriel Jesus, que citou também o apoio recebido pelos palestrinos nos jogos do Verdão.

“Admiro muito a torcida do Palmeiras, não só por ter este carinho enorme por mim, mas pelo fantástico show que ela dá em todos os jogos. Fico tranquilo com relação à torcida, até gosto, ela tem um carinho enorme por mim. Quero retribuir em campo, jogando. A torcida do Palmeiras é fantástica, nem tenho palavras”, afirmou o jovem.

Ouça na integra a 1ª entrevista coletiva de Gabriel Jesus:

Fonte: Departamento de Comunicação

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post