Oswaldo lamenta convocação de Valdivia: “Risco para o jogador”

Técnico do Palmeiras diz que chamada para os amistosos contra Irã e Brasil, nos dias 26 e 29 de março, “não é simpática” e informa que o Mago não estará pronto

Oswaldo de Oliveira fez questão de admitir o seu descontentamento com a imposição da Federação Chilena, que exigiu a presença de Valdivia nos amistosos contra Irã (dia 26 de março) e Brasil (dia 29), ignorando um pedido do Palmeiras de deixá-lo no clube para a finalização do seu tratamento. O comandante do Verdão disse que se preocupa com uma precipitação do retorno do meia ao campo de jogo.

– Para nós, a notícia não é simpática. Não ficamos muito satisfeitos com essa convocação. É legal, legítima, importante para o jogador, mas nossa conta era que ele voltasse a jogar, e espero que isso ainda aconteça, pelo Palmeiras. A trajetória de recuperação até o momento dava conta que nesta data ele ainda não estaria pronto para jogar, principalmente pela seleção chilena. É uma convocação precoce que coloca em risco inclusive a integridade física do jogador (…) Espero que haja a consciência de que a precipitação pode ser fatal para as pretensões do Palmeiras e da seleção, que vai jogar uma Copa América daqui a pouco. Essa volta dele de uma forma racional tinha de ficar mais a cargo do Palmeiras, mas pela legislação e imposição da Fifa, se o Chile tem o direito, vamos acompanhar para ver o que vai acontecer – disse o treinador.

Recuperado da lesão, mas ainda sem jogar em 2015, Valdivia ainda está sem ritmo de jogo. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Recuperado da lesão, mas ainda sem jogar em 2015, Valdivia ainda está sem ritmo de jogo. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Questionado sobre uma possível consulta do departamento médico da seleção do Chile para colher informações sobre o Mago, o treinador negou qualquer conversa.

– Não houve essa relação, eu não soube. Fui pego de surpresa pela convocação, porque no nosso julgamento achávamos que ele ainda não estava em condição de atuar desta maneira.

Valdivia fez seu primeiro treino com bola com o elenco do Palmeiras na última quarta-feira, na Academia de Futebol. Recuperado de uma lesão muscular na coxa esquerda, o Mago se mostrou à vontade em campo, fazendo gols e dando assistências. Até então, ele vinha somente realizando trabalhos leves e seguindo um cronograma especial montado pelo departamento médico do clube.

A ideia do Palmeiras era mantê-lo na Academia, para deixá-lo pronto para a fase final do Campeonato Paulista, que começa em 11 de abril. Havia expectativa para que pudesse entrar em campo no final deste mês, mas a convocação adiou a possível estreia. Hoje, a comissão técnica trabalha para que ele retorne contra o Mogi Mirim, em 5 de abril, pela penúltima rodada da primeira fase do estadual.

– Valdivia tem me impressionado pela motivação e disposição nos trabalhos internos e também agora que passou para o campo. Sempre o achei muito otimista e vendo com bons olhos tudo o que vem sendo feito neste ano no clube. Venho acompanhando isso desde a reintrodução dele no campo, na parte mais aplicada ao futebol, e inclusive fiquei muito feliz em saber que partiu dele a fala que procurasse jogar primeiro pelo Palmeiras do que pela seleção. Isso foi positivo. Minha expectativa é muito saudável e otimista sobre esse jogador – finalizou o técnico.

Sem Valdivia, o Palmeiras volta a campo no domingo, às 19h30, contra o São Bernardo.

"É uma convocação precoce que coloca em risco inclusive a integridade física do jogador." (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

“É uma convocação precoce que coloca em risco inclusive a integridade física do jogador.” (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Fonte: Sportv

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post