Oswaldo pede cuidado, mas avisa: ‘Melhor defesa é o ataque’

As características parecidas dos dois times fazem com que o treinador alviverde espere por um jogo bastante movimentado

A um dia de enfrentar o Santos, na Vila Belmiro, o técnico Oswaldo de Oliveira já projeta um grande duelo na baixada santista. Diante de um rival ofensivo, o comandante palmeirense crê que o Verdão também precisa mostrar sua força no ataque para trazer mais uma vitória para a capital paulista. As características parecidas dos dois times também fazem com que o treinador alviverde espere por um jogo bastante movimentado.

“Conheço a maioria dos jogadores do Santos. Nenhuma das duas equipes mudará a maneira de jogar, as duas jogarão de forma ofensiva e procurando o gol. No ano passado, o encontro entre Santos e Palmeiras foi um grande jogo, e o Palmeiras era o melhor time do campeonato. Foi um jogo com três gols, muitas alternativas de ataque dos dois e amanhã (quarta-feira) será da mesma forma. A Vila Belmiro terá uma grande partida de futebol”, declarou Oswaldo, que, ao mesmo tempo, pediu atenção com o adversário.

Técnico Oswaldo de Oliveira, no último treino antes do clássico. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Técnico Oswaldo de Oliveira, no último treino antes do clássico. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

“Todo cuidado é pouco, com o Santos com aquela meninada e com o Santos na Vila Belmiro. Mas acho que a melhor defesa é o ataque, não podemos pensar que, por o Santos ser ofensivo, nós temos de ficar na defensiva. A melhor maneira de neutralizar o Santos é ser ofensivo também. Logicamente que os cuidados defensivos devem ser muito reforçados. Quando joga com Robinho, Ricardo Oliveira, Geuvânio, Lucas Lima, Gabigol, Renato, Cicinho, David Braz, quando vai para a área… Temos de ter cuidado”, reforçou.

O técnico admite que um triunfo em um clássico seria de extrema importância para a sequência do Palmeiras no Campeonato Paulista. “É muito importante, assim como era no caso do Corinthians e também será contra o São Paulo. São equipes que se destacam mais. Além dos três pontos, tem a confiança por ultrapassar um obstáculo grandioso. Isso tem valor para nós, assim como tenho certeza de que para o Santos também”, falou o comandante.

Oswaldo de Oliveira  concede entrevista de coletiva antes do clássico. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Oswaldo de Oliveira concede entrevista de coletiva antes do clássico. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Estreante na última rodada contra o Bragantino, no Allianz Parque, o jovem Gabriel Jesus ficará novamente no banco de reservas do Verdão contra o Santos. “Tivemos uma contusão inesperada e o levarei. Ele reagiu muito bem depois do jogo de domingo, e amanhã (quarta) ele estará no banco contra o Santos”, contou o treinador, sabendo da responsabilidade que terá com o garoto de 17 anos ao longo desta temporada.

“Isso é natural, sempre tem essa avidez com jogadores que estão sendo lançados. Procuro pegar mais leve, isso é natural, e tudo no futebol acontece naturalmente.  Não fico criando expectativa. Se o Gabriel passar pelas fases que tem de ultrapassar, ótimo, mas, se não acontecer, vejo com naturalidade”, finalizou Oswaldo de Oliveira.

Fonte: Palmeiras

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post