Para Zé Roberto, pressão sobre ex-santistas na Vila pode ser positiva

Além de Zé Roberto, Robinho, Maikon Leite, Alan Patrick, Aranha e Arouca tiveram passagem pelo time do litoral

O atual elenco do Palmeiras conta com seis jogadores com passagem recente pelo Santos: Zé Roberto, que atuou por dez meses em 2007, Robinho, Maikon Leite, Alan Patrick, Aranha e Arouca. Os dois últimos deixaram o clube no fim de 2014, acionando a Justiça por conta de salários atrasados, e são alvos de ofensas da torcida do Peixe desde então.

Nesta quarta-feira, às 22h, os ex-santistas do elenco alviverde reencontrarão a Vila Belmiro pela nona rodada do Paulistão, mas o mais experiente deles quer usar a pressão favoravelmente.

– Não diria que haverá hostilidade. Claro que terão algumas manifestações por causa das saídas recentes do Aranha e do Arouca, mas temos que tirar o lado positivo disso, de alguma forma estratégica ou motivacional, para colocarmos em prática nesse jogo. Eles que jogaram lá em alguns momentos deixam de ser jogadores para seres um pouco de espiões, principalmente o Aranha e o Arouca, que podem dar algumas dicas positivas para nós – disse Zé Roberto.

O lateral-esquerdo de 40 anos foi campeão paulista e semifinalista de Libertadores pelo Santos, mas deixou o clube antes do fim de 2007, para defender o Hamburgo. Por já ter atuado na Vila Belmiro, sabe a importância do clássico desta quarta-feira, o segundo do Palmeiras no Campeonato Paulista de 2015. Além disso, o experiente jogador acredita que o duelo será “um dos melhores dos últimos anos”, pois colocará frente a frente duas equipes com vocação ofensiva de jogo.

– Clássico sempre tem um peso maior, até porque são duas equipes que estão buscando a maior pontuação da classificação geral do campeonato, o que dá benefícios na próxima fase. Vai ser uma briga direta e você precisa ter atenção em todos os aspectos. Com certeza é um jogo que tem tudo para ser um dos melhores dos últimos anos, porque são duas equipes que jogam ofensivamente, buscando gols. O importante é estar preparado e concentrado para conseguir os três pontos – afirmou.

O Palmeiras é líder do Grupo C do Campeonato Paulista com 18 pontos, oito a mais que a vice-líder Portuguesa. Além disso, a equipe vem de seis vitórias consecutivas na temporada, sendo cinco no Estadual e mais uma na Copa do Brasil. Na temporada, a equipe do técnico Oswaldo de Oliveira perdeu apenas duas partidas: para a Ponte Preta e para o Corinthians, no primeiro clássico do Allianz Parque.

Zé Roberto e Oswaldo conversam durante o treino desta segunda-feira (09) na Academia de Futebol. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Zé Roberto e Oswaldo conversam durante o treino desta segunda-feira (09) na Academia de Futebol. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Segundo Zé Roberto, a derrota para o Corinthians é coisa do passado, e não tem qualquer interferência, nem sequer psicológica, antes do segundo clássico no Paulistão, diante do Santos.

– O nosso time hoje tem uma cara diferente. Nos primeiros jogos o Oswaldo buscava um time para colocar e ainda buscava uma formação tática. Hoje temos uma formação e uma espinha dorsal para a sequência temporada. Somos um time diferente daquele que iniciou e uma vitória é muito importante, porque dá possibilidade de buscar as primeiras colocações – completou o camisa 11 do Verdão

Fonte: Lancenet

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post