Quadrado mágico? Ataque do Verdão vira trunfo com equipe em evolução

Robinho, Allione, Dudu e Cristaldo levam Palmeiras à segunda fase da Copa do Brasil e comprovam boa fase do setor ofensivo, ainda sem Valdivia e Cleiton Xavier

O Palmeiras ainda não conta com Valdivia ou Cleiton Xavier para a disputa do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil, mas o ataque vem sendo o principal incômodo do Alviverde para os adversários. Em grande fase, o meio-campista Robinho comanda um setor ofensivo que conta com Allione e Dudu abertos pelas pontas e Cristaldo centralizado como referência. Ao menos um componente deste “quadrado” marcou em todas as vitórias do Verdão nesta temporada.

No triunfo por 4 a 1 sobre o Vitória da Conquista, os quatro marcaram. Cristaldo abriu o placar, Allione fez o segundo, Robinho marcou o terceiro e Dudu fechou a goleada. No segundo tempo, Leandro Pereira teve grande atuação na vaga do argentino, e abriu caminho para o Palmeiras eliminar o jogo de volta, posicionado como pivô. Um panorama empolgante para os torcedores, mas ainda evitado por Oswaldo.

– Eles são profissionais, têm consciência, hoje não há margem para empolgação, excesso de comemoração. Temos de olhar para frente, para um caminho árduo – resumiu o treinador.

Em 10 jogos nesta temporada, o Palmeiras acumula oito vitórias e duas derrotas. Não marcou gols apenas nos tropeços por 1 a 0, sofridos diante de Ponte Preta e Corinthians. Cristaldo é o artilheiro alviverde até aqui, com seis gols marcados. Robinho, que atuou tanto como segundo volante como no meio-campo, marcou quatro vezes.

A força do elenco é tratada como a principal arma do Palmeiras para este início de temporada. (Cesar Graco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

A força do elenco é tratada como a principal arma do Palmeiras para este início de temporada. (Cesar Graco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

A força do elenco é tratada como a principal arma do Palmeiras para este início de temporada. Além dos quatro jogadores citados, que formam o sistema ofensivo no momento, o Verdão ainda tem Valdivia, Alan Patrick, Kelvin e Mouche no departamento médico, Cleiton Xavier à espera da regularização de sua transferência do Metalist, da Ucrânia, e o jovem Gabriel Jesus, relacionado para a partida da última quarta.

Os jogadores parecem entender cada vez mais o esquema 4-2-3-1 proposto por Oswaldo de Oliveira, que se transforma em 4-1-4-1 quando a equipe detém a posse de bola. Arouca e Gabriel se revezam nos avanços ao setor ofensivo para finalizar de fora da área e aumentar o volume da equipe no ataque.

Classificado à segunda fase da Copa do Brasil, o Palmeiras tem o Campeonato Paulista como única preocupação até o próximo mês. A equipe volta a campo neste sábado, às 18h30 (horário de Brasília), contra o Bragantino, no Allianz Parque.

Fonte: Globoesporte.com

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post