“Se juntar Pelé e Maradona, não dá meio Evair”

Um dos grandes ídolos da história do Palmeiras, o ex-atacante Evair foi homenageado pelo Verdão horas antes do duelo do último sábado (28), com o Capivariano, no Allianz Parque.

Após completar 50 anos de vida no último dia 21, o craque recebeu das mãos do presidente Paulo Nobre uma placa comemorativa em agradecimento aos grandes feitos do ex-atleta com a camisa palestrina e também em homenagem ao aniversário do ídolo.

“Estamos aqui para prestar uma homenagem a um dos maiores ídolos da história centenária da Sociedade Esportiva Palmeiras. Particularmente para o torcedor Paulo de Almeida Nobre, o Evair foi o maior ídolo da minha vida. Sempre digo que é besteira discutir quem foi o maior jogador de todos os tempos, se foi o Pelé ou o Maradona. Na minha opinião, se juntar os dois, não dá meio Evair. Esse é o meu sentimento e de muitos torcedores do Palmeiras espalhados pelo mundo. É importante para um time como o Palmeiras reconhecer um ídolo”, falou Nobre.

Evair, por sua vez, ficou emocionado com o reconhecimento do clube. “Agradeço a Sociedade Esportiva Palmeiras pela lembrança. O Site Oficial do Palmeiras já fez uma homenagem para mim no dia do meu aniversário, na qual mostrou 50 gols meus pelo Palmeiras. Todos sabem da minha alegria e prazer por ter jogado aqui, as dificuldades que passei e as alegrias também. É um honra ter jogado aqui e ter sido lembrado pelos meus 50 anos. O Palmeiras é a extensão da minha casa, tenho muito orgulho deste clube. Para mim é uma honra quando alguém me vê na rua e fala: ‘Esse é o Evair que jogou no Palmeiras’”, contou.

Evair, recebe homenagem em comemoração aos seu 50 anos. Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Evair, recebe homenagem em comemoração aos seu 50 anos. Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Homenageado na sala de imprensa da arena verde e branca, o Matador, assim como é chamado pela massa alviverde, confessou a sua admiração pela nova casa palmeirense. “Desde a primeira vez que pisei aqui deu vontade de voltar a jogar. Infelizmente, o meu tempo já passou e tenho de ficar só com os jogos de festa. Se pudesse voltar atrás, é um estádio que realmente vale a pena”, declarou o ex-atacante.

Por fim, Evair demonstrou bastante otimismo com o trabalho do técnico Oswaldo de Oliveira em 2015. “Vejo um Palmeiras em início de trabalho, com dificuldades normais para um time que está sendo montado. Acredito que isso tudo seja um início, e espero que seja bom. Poderíamos ter começado melhor, mas não tira o meu ânimo e da torcida. Tenho certeza de que será um ano de muitas conquistas”, afirmou o craque.

Fonte: Palmeiras.com.br

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post