Zé Roberto freia empolgação e evita análise do Verdão: “Não é o momento”

Veterano admite evolução do Palmeiras neste início de temporada, mas pede mais tempo para conclusões sobre a força da equipe

Jogador mais experiente do elenco do Palmeiras, Zé Roberto acredita que ainda é cedo para fazer qualquer análise da equipe neste início de temporada. Mesmo após as seis vitórias consecutivas do Verdão, que se classificou à segunda fase da Copa do Brasil e é líder do Grupo 3 do Campeonato Paulista, o lateral e meio-campista prefere aguardar para avaliar a produtividade do time e o entrosamento do renovado elenco.

– É um início muito recente do nosso trabalho. Não tem como você fazer uma análise nesse sentido. Você tem um parâmetro, busca um crescimento, é o momento que o Palmeiras vive. Tivemos alguns erros, passamos por momentos de dificuldade que, nos jogos futuros, não vamos cometer – afirmou, em entrevista coletiva nesta segunda-feira, na Academia de Futebol.

Zé Roberto e Oswaldo conversam durante o treino desta segunda-feira (09) na Academia de Futebol. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Zé Roberto e Oswaldo conversam durante o treino desta segunda-feira (09) na Academia de Futebol. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Em 11 jogos disputados nesta temporada, o Palmeiras acumula nove vitórias e duas derrotas. Tem a terceira melhor campanha da primeira fase do Paulistão, atrás apenas de Corinthians e Santos. À espera de jogadores como Valdivia e Cleiton Xavier para montar uma equipe “definitiva”, o técnico Oswaldo de Oliveira parece cada vez mais próximo da escalação considerada ideal para a sequência do ano.

Desde o início do trabalho, o comandante manteve a mesma formação tática, variando apenas os jogadores. O 4-2-3-1, que varia para 4-1-4-1 quando o Palmeiras detém a posse de bola, encaixou, e o Verdão demonstra evolução. Para Zé Roberto, os bons resultados ainda não são suficientes para colocar a equipe em um patamar mais alto, mas o futebol apresentado é promissor.

– Acho que essa questão de analisar a produtividade, a sequência do time, quando tem resultado positivo ou negativo, ainda não é o momento. Estamos em crescimento, já somos uma equipe sólida, e só vamos evoluir. Isso é muito positivo. Você busca a perfeição. Acho que o momento é de crescimento e evolução. Não tenho dúvida de que vamos alcançar os objetivos que temos em mente – completou.

Até aqui, o Palmeiras fez somente um clássico nesta temporada: perdeu para o Corinthians por 1 a 0, na terceira rodada do Campeonato Paulista. Nesta quarta-feira, às 22h (horário de Brasília), a equipe volta a duelar com um rival, e encara o Santos, na Vila Belmiro. O time da baixada tem a melhor campanha do estadual até aqui e se mantém invicto: seis vitórias e dois empates em oito jogos disputados.

Fonte: Globoesporte

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post