Após sofrimento na semi, Vitor Hugo sonha com primeiro título no Verdão

Suspenso contra o Corinthians, zagueiro até provocou torcedores rivais no prédio onde mora após a classificação. Ele deve voltar ao time titular na decisão do Paulista

– Rapaz, dói demais, quase morri do coração. Sofri demais (risos). Quando perdemos o pênalti, eu pensei que ia complicar. Aí o Prass pegou o do Elias bem no último, eu pensei “caramba, agora chega”. Levantei do sofá e comecei a pular e gritar. A cada cobrança era uma vibração. Quando o Petros errou eu comecei a gritar na varanda, zoar os corintianos que estavam lá. Quando o Corinthians virou o jogo começaram a gritar “aqui é Corinthians”. Quando nós ganhamos eu só fui retribuir (risos).

O depoimento acima poderia ser dado por qualquer fanático pelo Palmeiras. Mas a realidade tem uma “pequena” diferença: a frase foi dita pelo zagueiro Vitor Hugo, que cumpriu suspensão na semifinal e ficou fora do jogo contra o Corinthians. Mas ele incorporou o papel de torcedor e participou até da famosa troca de provocações entre rivais nos prédios.

O sofrimento foi grande, mas passou. Agora, o zagueiro está liberado para entrar em campo na final de domingo, contra o Santos. Mas já sabe que terá uma missão tão difícil quanto a de ver o Dérbi em casa, sem poder ajudar em campo: marcar o poderoso ataque do Santos.

– A gente vai concentrando durante os treinos, na semana pensamos em como marcar. O Ricardo Oliveira faz bem a parede, os outros gostam mais da velocidade. Não pode é dar espaço, se der meio metro de espaço para eles, saem na cara do gol. É complicado marcar uns caras assim. Tem de ligar em todos os pontos fortes deles para neutralizar – contou

Titular em toda a campanha, Vitor Hugo deve voltar à equipe na partida deste domingo. E o Santos traz boas recordações para o zagueiro. Isso porque no duelo da primeira fase, vencido pelo Peixe por 2 a 1, ele fez o gol do Verdão. Agora, ele quer realizar o sonho de conquistar um título logo no primeiro torneio com a camisa do Palmeiras.

– Poder jogar uma final naquele estádio? Nossa. Casa cheia ainda, brigar pelo título no primeiro campeonato que estou disputando por um time grande ainda? Imagina só isso! A oportunidade está aí. Nosso time é muito forte, sempre falei isso. Vamos lutar pelo título. É uma bênção e muito trabalho – completou.

Vitor Hugo é um dos pilares da defesa do Verdão, a menos vazada do Paulistão, ao lado de São Paulo e Corinthians, com 12 gols sofridos.

Vitor Hugo foi titular do Palmeiras em todo o Paulistão. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Vitor Hugo foi titular do Palmeiras em todo o Paulistão. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Fonte: Globoesporte

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post