Com 35 mil no Allianz Parque, Palmeiras vence Botafogo-SP e está na semifinal

Em manhã de casa cheia, o Palmeiras derrotou o Botafogo de Riberão Preto pelo placar de 1 a 0 e se classificou para as semifinais do Campeonato Paulista, neste domingo (12).

Os 35 mil presentes no Allianz Parque vibraram com Valdivia e Cleiton Xavier em campo, mas principalmente com o gol de Leandro Pereira, que garantiu a classificação do Verdão. Agora, o time aguarda a última partida das quartas-de-final, entre Santos e XV de Piracicaba, para conhecer o adversário da próxima fase (as opções são Corinthians e São Paulo).

Valdivia entrou no segundo tempo e fez a diferença para o Verdão. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Valdivia entrou no segundo tempo e fez a diferença para o Verdão. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Com a classificação para a semifinal em jogo, em apenas uma partida, os dois times começaram com ímpeto no ataque. Logo aos 4 minutos, Robinho, que já marcou golaços de fora da área nesta temporada, arrematou bonito de longe. A bola passou próxima ao travessão, assustando o goleiro Renan Rocha. Um minuto depois, o Botafogo respondeu, mas o gol foi anulado por falta em Fernando Prass.

Depois de um início de pressão dos dois lados, o Alviverde começou a comandar a partida, tocando a bola com paciência e tentando criar espaços. Aos 22, Dudu quase abriu o placar no Allianz Parque: após cruzamento de Zé Roberto e confusão na área, o atacante ficou com a sobra e tentou empurrar para o gol, mas a bola bateu na trave.

Aos 25, Leandro Pereira teve chance incrível, depois de receber de Dudu e ficar frente a frente ao goleiro, que conseguiu tocar na bola e tirar, por muito pouco. O bom desempenho do time em campo levantou ainda mais a torcida no estádio lotado.

Além de já ter o domínio do jogo – o Botafogo mal conseguia passar do meio-campo –, o Verdão também aparecia bem, com velocidade pelas laterais, quando tinha a chance do contra-ataque. Dudu foi o jogador que teve mais oportunidades de marcar, de cabeça e pelo chão, sempre aparecendo bem colocado na área.

A grande quantidade de faltas marcadas nos últimos 15 minutos do primeiro tempo seguraram o ataque do Verdão e provocaram reclamações dos torcedores presentes, a mais audível ao apito final, antes do intervalo.

Para a segunda etapa, mudança na lateral-esquerda: Victor Luis voltou no lugar de Zé Roberto. O Palmeiras veio sem o mesmo ritmo forte do primeiro tempo, foi só aos 10 minutos que os primeiros lances de perigo começaram a aparecer, em jogadas de Dudu e Lucas, entretanto, sem sucesso no último passe e nas finalizações.

A torcida pedia a entrada de Valdivia e, aos 17, o técnico Oswaldo de Oliveira atendeu e tirou o volante Gabriel para a entrada do chileno, deixando o time mais ofensivo para buscar a classificação. Aos 21 e 22, dois gols anulados, um para cada lado. Primeiro, Diogo Campos do Botafogo, depois Dudu para os alviverdes, os dois em posição de impedimento.

Com o Mago em campo, os ânimos, tanto da torcida, quanto do time em campo, se animaram. Em uma jogada que teve início com um drible sensacional do camisa 10, Leandro Pereira recebeu cruzamento de Lucas e estufou as redes, para delírio dos 35 mil palmeirenses que vieram apoiar a equipe nesta manhã de domingo (12). (Palmeiras 1×0 Botafogo-SP)

Leandro Pereira recebeu cruzamento de Lucas e estufou as redes (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leandro Pereira recebeu cruzamento de Lucas e estufou as redes (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

O Botafogo tentava se jogar ao ataque para buscar o empate, mas a defesa Palestrina contia bem os visitantes, com destaque para Victor Ramos. Ao mesmo tempo, o Verdão tentava ampliar para ficar mais tranquilo em campo. Em lances de bola parada, Victor Ramos e Victor Hugo tiveram boas chances de ampliar, além de Valdivia, com um rebote dentro da área, e Dudu, em um rápido contra-ataque.

Apesar disso, o jogo era tenso e aberto: aos 42, a torcida prendeu a respiração quando o time do interior ganhou uma cobrança de falta. Denis bateu, Fernando Prass defendeu sem grandes dificuldades e a torcida voltou a respirar.

Felizmente, a partida terminou sem mais sustos para os alviverdes. O Palmeiras está classificado para as semifinais do Paulistão, volta a campo no próximo fim de semana e aguarda a definição do adversário.

Escalação: Fernando Prass, Lucas, Victor Ramos, Vitor Hugo e Zé Roberto (Victor Luis); Gabriel (Valdivia), Arouca e Robinho; Rafael Marques, Dudu (Cleiton Xavier) e Leandro Pereira

Cartões amarelos: Gabriel, Vitor Hugo, Leandro Pereira e Victor Luis

Gol: Leandro Pereira (26′ – 2º Tempo)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post