Cristaldo celebra reviravolta e avisa: ‘Nunca desisto’

Ao lado do meia Robinho, o atacante Cristaldo lidera o ranking de artilheiros do Palmeiras no ano de 2015.

Com seis gols marcados, o camisa 9 conquistou de vez uma vaga entre os titulares palestrinos, principalmente pelos espírito coletivo e aguerrido que tem demonstrado nos jogos do clube paulista. Vivendo seu melhor momento desde que chegou à equipe, o argentino utiliza a experiência ruim vivida com o Verdão em 2014 como aprendizado para esta temporada.

Ouça a coletiva de Cristaldo na íntegra:

“Nunca passou pela minha cabeça sair do Palmeiras, ainda mais pelo que aconteceu no ano passado (risco de rebaixamento no Brasileirão). Sou um cara que nunca desiste das coisas, tanto na vida quanto no jogo. Gosto de lutar pelas coisas que quero. Fomos muito mal no ano passado, e eu me propus a mudar a minha imagem neste ano e mostrar quem é o verdadeiro Cristaldo”, contou.

Mesmo com as dificuldades do time palestrino no ano passado, o jogador sempre teve um ótimo relacionamento com os torcedores palmeirenses.

“Sou muito agradecido à torcida do Palmeiras. Na temporada passada, quando não estávamos bem, ela sempre demonstrou um carinho por mim, tanto na rua quanto no estádio. Estou agradecido e espero devolver em dobro o apoio que estou recebendo”, afirmou Cristaldo, demonstrando, mais uma vez, o motivo de ser tão querido pelos outros atletas do elenco.

No Verdão desde 2014, o atacante já atuou 34 vezes pelo palestra e tem 8 gols anotados. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

No Verdão desde 2014, o atacante já atuou 34 vezes pelo palestra e tem 8 gols anotados. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

“Às vezes o próprio companheiro diz que tenho de ser mais fominha, chutar para o gol, mas estou aqui porque o Palmeiras me contratou e o futebol é um jogo coletivo. O importante é ganhar. Para mim, não importa quem faz o gol. Fiquei contente com os gols do Dudu porque ele merecia, vale muito. Lógico que quero fazer gols, mas também fico muito feliz quando dou assistências”, declarou, referindo-se aos tentos contra o Mogi Mirim, no último sábado (04).

Já sobre o futuro do Verdão no Campeonato Paulista, o atacante foi cauteloso.

“Termina uma fase e começa o mata-mata, qualquer um que perder irá embora. Não importa o que fez na primeira fase porque no mata-mata teremos 90 minutos para passar de fase. O Palmeiras está bem, mas, se fizermos um jogo ruim nas quartas, ficaremos de fora. Ninguém falará que o Palmeiras ganhou do São Paulo jogando bem em casa, falarão que perdemos nas quartas”, alertou.

Antes de disputar as quartas de final do Paulistão contra o Botafogo (ainda sem dia, horário e local definidos), o Alviverde voltará a campo nesta quarta-feira (08), às 22h, para enfrentar o Ituano, no estádio Novelli Júnior, em Itu-SP, pela última rodada da primeira fase do Estadual.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post