Goleador em clássicos, Marques prega coletividade e agradece apoio de Oswaldo

O atleta marcou duas vezes contra o São Paulo, na vitória por 3 a 0 no Allianz Parque e, no último domingo (19), foi autor do gol de empate diante do Corinthians, na casa do rival.

Reforço do Palmeiras para esta temporada, o atacante Rafael Marques tem sido um dos grandes destaques do time comandado pelo técnico Oswaldo de Oliveira. Versátil dentro de campo, o camisa 19 foi decisivo em dois clássicos disputados pelo Verdão em 2015.

O atleta, contudo, não se empolga com seu atual momento no clube.

“Deixo isso para o torcedor, fico feliz por poder marcar nestes jogos, que têm maior atenção da torcida. Todos querem ganhar, principalmente um clássico contra um rival. Mas tenho os pés no chão, trabalharei quietinho e continuarei fazendo o meu trabalho. Lógico, se for possível fazer um gol contra o Santos, ficarei contente”, declarou, projetando a grande decisão do Campeonato Paulista.

De acordo com o palmeirense, duelos com grandes adversários devem ser tratados de maneira diferente.

“Tem de estar sempre ligado, assim que me sinto. A atmosfera é diferente, não que eu não entre da mesma forma nas outras partidas. Posso falar também que tenho contado com a sorte, sempre procuro estar ligado para, quando tiver oportunidade para fazer o gol, estar preparado porque não é sempre que surge”, disse o palestrino.

A boa fase do Palmeiras, aliada ao seu bom rendimento dentro de campo, é motivo de orgulho para Rafael Marques, principalmente por ter tido uma passagem tão rápida pelo Verdão em 2004, quando disputou 13 partidas e marcou apenas uma vez, não tendo tanto destaque quanto neste início de ano.

“O que mais vejo hoje nas redes sociais é isso, as pessoas falando: ‘Queimei minha língua… Não esperava isso de você’. Eu sou um cara tranquilo e humilde, vejo pelo lado positivo. Não quero tapar a boca de ninguém e provar nada. Foi assim comigo no Botafogo, e está tudo bem encaminhado neste ano. Não tenho de dar resposta para ninguém, tenho de dar alegria para a torcida e isso está acontecendo. O torcedor está feliz com o meu trabalho e espero que eu possa continuar a dar alegrias a eles”, projetou o camisa 19, relembrando o seu retorno ao clube.

Decisivo contra os maiores rivais, o atacante Rafael Marques já marcou 3 vezes em clássicos nesta temporada. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Decisivo contra os maiores rivais, o atacante Rafael Marques já marcou 3 vezes em clássicos nesta temporada. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

“Cheguei com um pouco de desconfiança por uma parte da torcida, até porque saí novo do Brasil, tive uma passagem rápida aqui, e o futebol chinês tem o nível bem baixo. Hoje, estou disputando a final e conquistando o meu espaço, é um ponto positivo. Porém, com pés no chão, não conquistamos nada ainda. Não adianta ganhar do Corinthians, chegar agora e não conquistar o título, aí não terá valor nenhum, pelo menos para mim. Esse ano é para marcar o nome aqui, até porque já passei por aqui. Tenho um ano de empréstimo e quero ficar aqui”, afirmou.

Conhecido do treinador Oswaldo de Oliveira desde a época em que jogou pelo Botafogo, o atacante não esconde sua admiração pelo comandante.

“Temos muitos treinadores no futebol, professores são poucos. É fácil você trabalhar com treinadores desse nível, até porque sabem se comunicar com os jogadores, sabem tirar o máximo de cada atleta. Cada jogador do Palmeiras faz mais de uma função, isso tem a ver com a confiança que ele passa para o atleta, isso ajuda muito. Tendo a confiança dele, a tendência é render mais que 100% em campo. Aos poucos, a cara do time vai ficando bem clara, deixando como o Oswaldo gosta de jogar. A tendência é melhorar ainda mais, mas não podemos achar que estamos 100%”, alertou.

Já sobre a disputa do título do Campeonato Paulista com o Santos, o palmeirense foi bastante cauteloso.

“O objetivo maior é o título, porém respeitamos a equipe do Santos, será uma grande final, uma final que ninguém esperava. O Palmeiras por ter a equipe toda estruturada, e o Santos por ter passado por uma situação financeira ruim. E está provado que o futebol é decidido dentro de campo, não tem favoritismo. Estamos tentando nos resguardar ao máximo, trabalhar, ficar no departamento médico quem tiver de se recuperar… A semana será assim, bem tranquila e trabalhando dentro de campo”, finalizou Marques.

Rafael Marques no Palmeiras

Em sua segunda passagem pelo Verdão, o camisa 19 soma 27 jogos e sete gols pelo clube. Em 2015, são 14 partidas e seis tentos, todos marcados pelo Campeonato Paulista. O jogador de 31 anos, após ter balançado as redes do São Paulo duas vezes na primeira fase, marcou, no domingo (19), o segundo gol alviverde no empate por 2 a 2 com o Corinthians, o qual levou a decisão para os pênaltis (vencida pelo time verde e branco).

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post