Prass exalta o primeiro passo e afirmou “ESTAVA ENGASGADO”,

Prass exalta “primeiro passo” contra SCCP: “Estava engasgado”

Goleiro supera retrospecto negativo diante do rival palmeirense e destaca importância de sequência no trabalho para buscar título paulista

Fernando Prass foi o grande herói da vitória do Palmeiras sobre o Corinthians, nos pênaltis, na arena de Itaquera, no último domingo. Após empate por 2 a 2 no tempo normal, o goleiro defendeuas cobranças de Elias e Petros e colocou o Verdão na final do Campeonato Paulista. Para ele, o triunfo sobre o arquirrival tem de ser muito comemorado, mas com a ciência de que o principal desafio ainda está por vir nas próximas semanas – o título será decidido contra o Santos, nos dois próximos domingos.

A última vez do Palmeiras na final do Campeonato Paulista foi em 2008, ano em que conquistou o título contra a Ponte Preta. Com um elenco reformulado, a equipe busca coroar os quatro meses de trabalho do novo departamento de futebol, encabeçado pelo diretor Alexandre Mattos e marcado pela chegada de 20 jogadores ao clube.

– É o primeiro passo. O Palmeiras é muito grande para se contentar só com isso. Não podemos deixar de entender que foi uma vitória maiúscula nos pênaltis, uma grande apresentação, mesmo com muitos desfalques. Agora é recuperar para pensar na final do campeonato – analisou Prass.

Fernando Prass foi o grande herói da vitória do Palmeiras sobre o Corinthians, nos pênaltis, na arena de Itaquera, no último domingo. Após empate por 2 a 2 no tempo normal, o goleiro defendeuas cobranças de Elias e Petros e colocou o Verdão na final do Campeonato Paulista. Para ele, o triunfo sobre o arquirrival tem de ser muito comemorado, mas com a ciência de que o principal desafio ainda está por vir nas próximas semanas – o título será decidido contra o Santos, nos dois próximos domingos.

Particularmente, o goleiro tinha um histórico de insucessos contra o Corinthians. Ele era titular do Vasco em dois duelos de mata-mata diante do Alvinegro: na semifinal da Copa do Brasil de 2009 e nas quartas de final da Taça Libertadores de 2012. Perdeu ambos, com o segundo jogo no Pacaembu, onde a equipe do Parque São Jorge mandava suas partidas antes da construção da arena.

Em 2011, Prass também viu o Vasco perder o Campeonato Brasileiro após ficar dois pontos atrás do Corinthians no sistema por pontos corridos. Por tudo isso, ele admite que o rival estava “engasgado”.

– Perdemos um Brasileiro para o Corinthians por dois pontos, com erros gravíssimos de arbitragem contra o Flamengo. Na Libertadores, fizemos dois grandes jogos e saímos aos 43 com o gol do Paulinho. Uma hora o vento tem de soprar para a gente também – completou.

Apesar da contratação de Aranha, que chegou do Santos no meio do Paulistão, Fernando Prass foi mantido como titular do Palmeiras neste início de temporada. Mesmo atrapalhado por diversas lesões no ano passado, ele foi um dos principais jogadores que ajudaram a evitar o rebaixamento do Verdão no último Brasileiro.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post