Recuperado, Kelvin sonha com estreia diante do Corinthians: ‘Jogo do ano’

Recuperado de uma torção no joelho esquerdo, o atacante Kelvin está muito perto de vestir a camisa do Palmeiras pela primeira vez.

Contratado nesta temporada, o jogador de 21 anos vive a expectativa de entrar em campo no confronto deste domingo (19), às 16h, com o Corinthians, na Arena Corinthians, em duelo válido pela semifinal do Campeonato Paulista.

Ouça na integra a coletiva de imprensa de Kelvin:

Acostumado a disputar clássicos em Portugal, onde atuava pelo Porto, o camisa 29, inclusive, foi decisivo na vitória do seu ex-clube contra o Benfica em 2013, que culminou no título português daquele ano.

“Foi um momento de muita felicidade que tive, agora será novamente um clássico. Estou preparado, se eu tiver oportunidade de ajudar a equipe e fazer um gol, estarei feliz também. Mas isso é só no decorrer do jogo”, declarou o atleta, admitindo a ansiedade para este duelo.

O atacante Kelvin está recuperado e pode jogar no domingo (19), contra o Corinthians. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

“É um pouco de pressão sim, jogaremos contra uma grande equipe, e é um clássico mundial. Todo mundo sabe do potencial de Palmeiras e Corinthians mundialmente, será o jogo do ano. Estou preparado caso eu seja escalado, mas ainda não sei. Quero fazer a minha estreia, pode ser agora como também pode não ser. Se eu tiver uma chance, procurarei corresponder”, comentou.

Kelvin, por sua vez, sabe que o Verdão não terá vida fácil na casa do rival.

“Eles estão invictos, é uma grande equipe. A gente sabe disso, mas a nossa equipe é forte, estamos nos entrosando e preparados. Será o jogo do ano, tem tudo para ser o jogo do ano, são duas grandes equipes. Se Deus quiser, passaremos pelo Corinthians e conquistaremos o título”, projetou o palmeirense.

Pouco conhecido no futebol nacional, o atacante resumiu suas principais qualidades para os torcedores alviverdes – no Brasil, o atleta atuou somente pelo Paraná nos anos de 2010 e 2011, quando transferiu-se para Portugal.

“Sou um jogador rápido, habilidoso, procuro furar a defesa e também fazer jogadas coletivas. Com certeza, se eu tiver oportunidade no jogo, sendo com um minuto, dez ou durante o restante do jogo, entrarei 100% para ajudar a equipe”, finalizou.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post