Rumo à virada histórica nas oitavas, Verdão decide contra Franca fora de casa

Quem vencer na manhã de domingo (19) garante a classificação às quartas de final, que seria inédita para o Palmeiras/Meltex na história do NBB.

Régis está invicto em todas as oitavas que disputou no NBB. (Fabio Menotti/Ag. Pal meiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Régis está invicto em todas as oitavas que disputou no NBB. (Fabio Menotti/Ag. Pal meiras/Divulgação)

Invicto em casa na história dos playoffs do NBB, o Palmeiras/Meltex, após empatar a série oitavas de final em 2 a 2 na última quinta-feira (16) com o Franca, vai ao interior paulista para disputar o quinto e decisivo duelo entre as equipes neste domingo (19), às 11h, no ginásio Pedrocão, com transmissão do Site da LNB (Liga Nacional de Basquete).

O fator casa – favorável ao Verdão nos playoffs desde o NBB6, quando encarou o São José – foi fundamental para o empate da série e elevação da moral dos atletas para arrancar a virada na casa do adversário. Para o treinador Régis Marrelli, independentemente do mando de quadra da equipe francana, seguirá adiante na competição a equipe que se mostrar mais equilibrada no duelo.

“O que prego sempre em casa é muita luta e determinação. Fizemos isso e tomamos apenas 56 pontos, apesar de alguns deslizes. Além disso, precisamos melhorar ofensivamente, pois estamos muito abaixo do nosso rendimento. Até domingo, vamos trabalhar o lado mental para termos chance, pois a equipe que tiver mais equilibrada emocionalmente vai levar. Franca tem a vantagem por estar em casa, mas, se tivermos equilibrados, temos chance de vencer”, falou.

O treinador, que está invicto na série oitavas de final do NBB desde os tempos de São José, relembrou a última partida do Palmeiras/Meltex nos playoffs do campeonato passado (NBB6) e mostrou-se confiante na classificação alviverde.

“Naquele jogo (contra o São José), a última bola do Neto não caiu. Se tivesse caído, o Palmeiras passaria. Se tivermos a chance de ganhar com folga, ótimo. Se precisarmos da última bola, que ela caia. Eu acompanhei os jogos do Palmeiras no NBB6 pela televisão, e, no basquete, é assim: são pequenos detalhes que fazem a diferença”, finalizou.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post