Confiante para clássico, Oswaldo celebra retorno de R. Marques

Depois de empatar com o ASA pela Copa do Brasil, o Palmeiras voltará a campo no próximo domingo (31), às 16h, para enfrentar o rival Corinthians, fora de casa, desta vez pelo Brasileiro.

Diante do tradicional adversário, o técnico Oswaldo de Oliveira vê uma boa oportunidade para o Verdão retomar o caminho das vitórias, mas nega que fará uma preparação diferente do que está habituado a realizar.

Ouça na íntegra a coletiva do comandante palmeirense:

“Não é um desafio, é parte do meu trabalho e encaro como uma rotina. Não vejo como nada especial, trabalharei normalmente e prepararei a equipe como sempre preparo. Não tem nenhum adendo que me faça modificar a forma que sempre levo a equipe para um jogo importante como este. Passaremos alguns fatores aos jogadores e tentaremos transformar o ânimo da equipe para que o time entre melhor para vencer”, declarou.

O comandante sabe, porém, que o clube alviverde não terá vida fácil na casa do rival.

“É um jogo de muita tensão, observação e entusiasmo. Se alguém cometer uma falha, pode pagar caro com isso. O jogo é tratado em uma temperatura muito maior. O erro pode ser fatal, e a falta de entusiasmo pode ser fatal também. Qualquer fator pode desequilibrar um jogo deste”, disse o palmeirense, que prefere não se empolgar com o último duelo entre as duas na casa do rival – o Verdão superou o Corinthians na semifinal do Paulistão após decisão por pênaltis.

Oswaldo de Oliveira vê uma boa oportunidade para o Verdão retomar o caminho das vitórias. (Mídia Palmeirense)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Oswaldo de Oliveira vê uma boa oportunidade para o Verdão retomar o caminho das vitórias. (Mídia Palmeirense)

“Eu sou mais cético, mas, dependendo do jogador, principalmente aqueles que saem bem, sempre traz uma memória boa daquilo que aconteceu. E a gente procura estimular também, mas tenho de ver com mais frieza porque é um novo jogo, outra competição. Prefiro ser mais cético e enxergar a partida de uma forma mais isolada”, afirmou.

Para este confronto, inclusive, Oswaldo conta com o retorno do atacante Rafael Marques, que não atuou nas últimas partidas por conta de uma forte gripe.

“É um jogador que faz falta para a nossa equipe. É um jogador tático e técnico, que tem uma leitura boa da partida. Um jogador que vinha demonstrando bastante entrosamento com os companheiros. Reestabelecido, ele iniciará o jogo no domingo”, disse. “É um jogador que me dá muitas opções, ele pode atuar nas quatro posições da frente”, emendou.

Outro atleta que faz parte dos planos do técnico é o meia Cleiton Xavier, mesmo que não seja para os 90 minutos de jogo.

“É um desses jogadores que sentiu muito a readaptação após sete anos de Ucrânia. Ele teve uma lesão e depois teve outra. É um jogador que está evoluindo aos poucos, e que tem tido um empenho muito grande. Às vezes, isso força um pouco a condição muscular. Ele ainda não tem condições de encarar 90 minutos. Precisa, realmente, voltar a atuar com mais frequência, mas isso de uma forma gradativa”, falou.

Já o jogador Robinho, em fase de recuperação, está totalmente descartado para o clássico contra o rival alvinegro neste final de semana.

“Eu vim hoje (sexta-feira) de manhã para visitar o departamento médico e encontrei o Robinho lá, ele estava deitado fazendo tratamento. Ele está sendo bem assistido, mas não aguenta mais e quer correr. Porém, ainda não está em condições. Demorará um pouco”, explicou Oswaldo de Oliveira.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post