Oswaldo avalia goleada e cogita manter Zé Roberto na meia: ‘Seguirei observando’

O técnico Oswaldo de Oliveira detectou alguns problemas na atuação da equipe palestrina, principalmente pela falta de ritmo de jogo de alguns atletas do Verdão.

Depois de empatar em 1 a 1 no jogo de ida, no Maranhão, o Palmeiras goleou o Sampaio Corrêa por 5 a 1, nesta terça-feira (12), no Allianz Parque, e garantiu a sua vaga na próxima fase da Copa do Brasil.

Ouça na íntegra a coletiva do comandante alviverde após a partida:

O comandante alviverde não descarta usar o camisa 11 novamente no meio. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

O comandante alviverde não descarta usar o camisa 11 novamente no meio. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

“No primeiro tempo, o nosso time foi muito mal. Até começou o jogo bem, mas depois levou o gol e foi difícil de eles entenderem. O Wellington só tinha jogado contra o Corinthians, tivemos praticamente a estreia do Egídio e a volta do Amaral. São três jogadores que não vinham atuando juntos, é uma situação que às vezes somos obrigados a passar e superar”, declarou o treinador, detalhando os momentos que antecederam a etapa final da partida.

“Eu estava torcendo para acabar o primeiro tempo para tentar organizar a equipe. Na verdade, nós precisávamos trocar uma peça. Hoje passava mais pela troca do que pela conversa, mas lógico que a conversa aconteceu. Criamos outra maneira de sair com a bola e a entrada do Robinho ajudou muito”, disse.

Com a presença de Egídio no time titular, o experiente Zé Roberto foi deslocado para o meio de campo palmeirense. Mesmo atuando fora de sua posição, o jogador de 40 anos teve um ótimo desempenho e, inclusive, marcou duas vezes na noite desta terça. O comandante alviverde não descarta usar o camisa 11 novamente nesta função.

“Seguirei observando. O Zé é um jogador que pode atuar ali na meia ou saindo de trás por dentro e do lado esquerdo. Hoje, nós precisávamos ter este tipo de situação. O Egídio ainda precisa de mais jogos, e isso ficou claro hoje, principalmente no primeiro tempo. A gente vai avançando nesta direção, e toda vez que for necessário mudarei o Zé para a lateral ou para a meia. Será de acordo com o que a gente precisar”, falou.

O próximo adversário do Verdão na Copa do Brasil será o Vitória ou o ASA-AL, que medirão forças pela primeira vez nesta quarta-feira (13), às 19h30, em Alagoas. Neste domingo (17), às 18h30, o time palmeirense volta a campo para enfrentar o Joinville, na Arena Joinville, em Santa Catarina, desta vez pelo Campeonato Brasileiro. No dia 24 de maio (domingo), às 11h, o Palmeiras recebe o Goiás, no Allianz Parque, também pelo Nacional.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post