Oswaldo comenta preparação para jogo às 11h e cogita retorno de Zé para lateral

Acostumado com a rotina de entrar em campo logo cedo, o técnico Oswaldo de Oliveira explicou a preparação do elenco nos momentos que antecederão o duelo com os goianos.

Depois de atuar duas vezes às 11 horas da manhã pelo Campeonato Paulista (contra XV de Piracicaba e Botafogo-SP, ambas vitórias por 1 a 0), o Palmeiras voltará a jogar neste horário no próximo domingo (24), diante do Goiás, no Allianz Parque, mas, desta vez, pelo Campeonato Brasileiro.

“Na verdade, eles fazem um lanche, mas no horário do café da manhã. Como o jogo é às 11 horas, uma refeição satisfatória tem de ser feita às 7 horas. Como se fosse um café da manhã mais reforçado, mas tem compensações do dia anterior também. Tem sempre indicações para quem costuma dormir mais tarde, alguns hábitos que devem ser evitados e outros estimulados”, falou. “Eu estranho um pouco, mas os jogadores têm se sentindo muito bem. O pessoal criou alternativas de alimentação que nas outras duas vezes ocorreram bem. Espero que domingo aconteça novamente”, completou.

Recuperado de lesão, o volante Arouca deve retornar ao time palestrino no confronto deste final de semana. Contando com a volta do camisa 5 e outras opções para o meio de campo, o comandante não descarta utilizar o experiente Zé Roberto novamente na lateral esquerda do Verdão, diferentemente do que aconteceu nos últimos confrontos do clube, quando Egídio ocupou a posição.

“Ele foi eleito o melhor lateral-esquerdo do Brasileiro do ano passado, e no Paulista deste ano também. O Zé Roberto tem funcionado bem ali. Tenho várias opções no meio que posso utilizar, é uma situação bastante indicativa (Zé na lateral). Amanhã (sábado) o treino será fechado. Se vocês (jornalistas) viessem e assistissem, vocês fatalmente saberiam qual será o time”, declarou.

"Jogaremos de uma maneira que a gente consiga vencer a partida." (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

“Jogaremos de uma maneira que a gente consiga vencer a partida.” (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Além de ter Arouca e Zé Roberto, o treinador também pretende utilizar o atacante Dudu no embate contra o Goiás – suspenso por 180 dias pelo TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) na última segunda-feira (18), o camisa 7 aguarda a resposta da entidade sobre o pedido de efeito suspensivo feito pelo departamento jurídico do Palmeiras.

“Caso tenha o efeito suspensivo, ele entrará jogando, claro. O Dudu é um jogador importante para nós, justamente pela agressividade e velocidade. É um jogador que tem participado muito das ações ofensivas e dos gols também. Se eu não puder contar com ele agora, será uma perda bem representativa para nós”, afirmou. “Estou apostando que ele jogará, então não estou preocupado”, emendou o palmeirense.

Por fim, Oswaldo pediu atenção com o rival goiano.

“Espero o Goiás, independentemente dos últimos resultados. Sempre é uma equipe qualificada, que revela grandes jogadores para o futebol brasileiro todos os anos. E ainda é comandada por um companheiro que tenho muita admiração, que é o Hélio. Mas só veremos durante o jogo como o Goiás se comportará. A minha preocupação é com a equipe do Palmeiras, jogaremos de uma maneira que a gente consiga vencer a partida”, finalizou.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post