Palmeiras recebe Sampaio Corrêa e busca 3ª classificação contra rival

O jogo válido pela segunda fase da Copa do Brasil entre Palmeiras e Sampaio Corrêa será o sexto de toda história da competição nacional, pela terceira vez em uma edição diferente.

O Verdão encarou a equipe do Maranhão em 1992 e em 2014 – nas duas ocasiões, o time paulista levou a melhor e passou de fase, feito que o escrete comandado pelo técnico Oswaldo de Oliveira buscará repetir nesta terça-feira (12), no Allianz Parque. A primeira partida acabou 1 a 1.

Em 1992, o duelo te ida acabou 1 a 0 para o Palmeiras, gol do zagueiro Tonhão. No jogo de volta, em São Paulo, o Verdão aplicou sonoros 4 a 0 sobre o time maranhense – gols de Sorato (2), Carlinhos e Paulo Sérgio.

Já em 2014, a derrota por 2 a 1 na primeira partida custou o emprego do então técnico Gilson Kleina. Já sob o comando de Alberto Valentim, interino, o Palmeiras venceu o segundo jogo por 3 a 0 e garantiu a segunda classificação da história sobre o Sampaio Corrêa.

Ao todo, os dois clubes já duelaram em seis oportunidades. Foram quatro vitórias palmeirenses, com 16 gols marcados, um empate e apenas um revés – justamente na última partida disputada no Maranhão, em 2014. Além da Copa do Brasil, com cinco encontros, o Campeonato Brasileiro – um jogo – aparece nos registros de partidas entre as equipes.

O primeiro jogo entre Palmeiras e Sampaio Corrêa aconteceu em 27 de abril de 1978, pelo Brasileirão. No estádio do Pacaembu, o Verdão goleou o rival por 6 a 0, com gols de Toninho Catarina (4) e Escurinho (2).

Além do Sampaio Corrêa, o Verdão já enfrentou mais uma equipe de Maranhão, o Moto Clube. O único jogo entre ambos foi em maio de 1978, pelo Brasileiro, no Estádio Nhozinho Santos, e o adversário superou o time palestrino por 1 a 0.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post