Pós-Jogo – Palmeiras não consegue marcar e sofre revés contra Goiás

Mesmo com a pressão, o time não conseguiu reverter o resultado e os 37 mil torcedores que compareceram ao estádio não puderam comemorar.

O Palmeiras recebeu o Goiás no Allianz Parque no novo horário do Campeonato Brasileiro, às 11h, e, apesar de ter feito um bom jogo e criado várias chances de marcar, foi superado pelo placar de 1 a 0.

Com os desfalques de Dudu e Rafael Marques, Kelvin jogou e foi um dos destaques da partida. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Com os desfalques de Dudu e Rafael Marques, Kelvin jogou e foi um dos destaques da partida. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação) 

O Verdão já tinha jogado no horário da manhã outras duas vezes no Paulistão deste ano. Mais uma vez com casa cheia (os ingressos que estavam a venda foram esgotados), o Palmeiras começou bem a partida. Foram várias boas chances nos primeiros 15 minutos, as principais com Vitor Hugo e Leandro Pereira, e muita movimentação.

Aos 20, Leandro Pereira teve mais uma chance de abrir o placar. Egídio ficou com o rebote depois de cobrança de falta e acertou lindo passe para o atacante, que ficou frente a frente com Renan. O goleiro saiu para fazer a defesa impedir o gol do Verdão.

Apesar de faltar mais capricho nas finalizações, a equipe da capital tinha bom volume no ataque e chutava ao gol com frequência. As chances do visitante eram quase sempre em contra-ataques.

Kelvin, que ganhou uma oportunidade no time titular com os desfalques de Dudu e Rafael Marques, era um dos destaques do Verdão na partida. Aos 31, o camisa 29 recebeu pela direita, aplicou belo drible em Péricles e partiu com velocidade em direção ao gol. O atacante só foi parado com falta.

Aos 44, depois de bela jogada de Kelvin e Lucas pela direita, o lateral cruzou para a área. Leandro Pereira e Zé Roberto não alcançaram, mas, mesmo assim, a bola passou muito perto da trave, assustando Renan.

Antes do fim do primeiro tempo, a torcida aplaudiu o bom desempenho de Kelvin e gritou o nome do atacante. Aos 48, o árbitro apitou o fim da primeira etapa.

O Palmeiras voltou para o segundo tempo sem substituições, enquanto o Goiás veio com Wesley no lugar de Erik, trocando um atacante por outro. O jogo não mudou muito, o Palmeiras continuava com mais posse de bola, criando boas situações no ataque, mas pecando nas finalizações e no último toque.

Oswaldo de Oliveira fez a primeira mudança aos 15: Cristaldo entrou no lugar de Leandro Pereira. Apesar de ainda ter mais tempo de posse de bola, as melhores chances do Verdão foram em dois contra-ataques, com Kelvin. Na primeira vez o atacante não alcançou a bola, na segunda, foi derrubado e o juiz não marcou nada.

Aos 26, Cristaldo quase fez o primeiro. O argentino subiu mais do que todo mundo e acertou a trave depois de cobrança de escanteio. O goleiro Renan só olhou.

Mas, aos 31, Péricles abriu o placar para o Goiás. Depois de jogada individual de Bruno Henrique, que driblou o goleiro Fernando Prass, o volante do time visitante ganhou dividida com Victor Ramos e tocou para o gol vazio. (Palmeiras 0 x 1 Goiás)

Na comemoração, Bruno Henrique recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Com um jogador a mais e perdendo o jogo, Oswaldo de Oliveira tirou Zé Roberto e colocou Alan Patrick, jogando o time para o ataque.

O Palmeiras fazia pressão e buscava o gol. Aos 33, Cristaldo, disputou bola na área com os zagueiros, ganhou na raça e bateu rasteiro, mas Renan salvou a equipe do centro-oeste. Aos 39, mais uma bela defesa do goleiro do Goiás, impedindo o empate em chute de Alan Patrick, de fora da área.

Aos 47, Victor Ramos levou o segundo amarelo em uma falta de ataque e também foi expulso. Apesar da pressão, o Palmeiras não conseguiu reverter o placar e a partida terminou em 1 a 0 para os visitantes.

O Palmeiras volta a campo na quarta-feira (27), às 22h, contra o ASA, pela terceira fase da Copa do Brasil.

Escalação: Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos, Vitor Hugo e Egídio; Gabriel (Alan Patrick), Robinho, Valdivia, Zé Roberto (Leandro) e Kelvin; Leandro Pereira (Cristaldo).

Cartões Amarelos: Valdivia, Victor Ramos (2), Leandro Pereira, Lucas e Kelvin

Cartão Vermelho: Victor Ramos

Gols

Goiás: Péricles (31′ – 2º Tempo)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post