Com experiência após Mundial, Jesus e João Pedro voltam ao Verdão

Promessas do clube alviverde, jogadores destacaram o período em que estiveram na Nova Zelândia, local onde aconteceu o torneio.

Dois dos principais nomes da história recente das categorias de base do Palmeiras, os jogadores Gabriel Jesus e João Pedro se reapresentaram ao Verdão na quarta-feira (24), em Atibaia-SP, após conquistarem a segunda colocação do Mundial Sub-20 com a Seleção Brasileira.

Ouça na íntegra a entrevista concedida pelos jovens atletas:

João Pedro foi titular na Seleção Brasileira Sub-20 durante o Mundial. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

João Pedro foi titular na Seleção Brasileira Sub-20 durante o Mundial. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

“Voltamos bem do Mundial que a gente fez, foi uma experiência muito boa. Infelizmente, nós não conseguimos o título, mas o segundo lugar não foi tão ruim assim. Ganhamos experiência e jogamos contra seleções qualificadas. Foi muito bom para todos que estavam lá, um contato europeu é sempre importante”, comentou o camisa 33, que teve o discurso reforçado pelo lateral palestrino.

“Todos os times que jogavam contra o Brasil entravam com mais vontade, todos jogos eram assim. Taticamente, você aprende muito com o adversário, o jeito que jogam e tudo mais. Trarei tudo o que o treinador me passou para cá, tanto de ataque quanto de marcação”, falou João Pedro. “Fico feliz pela campanha que fizemos, conheci muita gente. Volto feliz pela campanha e pelo que aprendi”, emendou.

Os jovens palmeirenses, inclusive, já se colocaram à disposição para enfrentar o São Paulo, neste domingo (28), às 16h, no Allianz Parque, em duelo válido pelo Brasileirão.

“Voltei para treinar e mostrar o meu futebol para o técnico, mas respeito todos. Estarei aqui para cumprir o que o professor Marcelo quiser. Tenho de ter calma, paciência e esperar a hora certa para jogar. Se ele achar que é o momento, procurarei abraçar da melhor forma”, disse Jesus.

Já o camisa 22 reconhece que terá de suar bastante para conseguir uma vaga entre os titulares do Palmeiras.

“O Lucas é regular, sei disso, mas tenho de fazer o meu trabalho. Tenho de trabalhar e treinar porque o treinador que decidirá”, declarou. “Quero jogar sempre, mas a escolha é do treinador. Se ele quiser, estarei à disposição”, completou o lateral

Gabriel Jesus, por sua vez, afirmou que não tem preferência por determinada posição no ataque do Verdão.

“Sempre joguei como ponta na base. Para mim, jogar do meio para frente está bom, independentemente do lugar. Sempre joguei de ponta, mas flutuava pelo meio. Na posição em que o professor quiser que eu jogue, eu estarei ali para cumprir da melhor forma possível”, finalizou o atacante.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post