Cristaldo brinca com gol e admite ‘ansiedade’ com novo treinador

Descontraído, o camisa 9 brincou com o lance que resultou no triunfo palestrino e crê em um ‘recomeço’ depois da chegada do técnico Marcelo Oliveira.

Autor do gol que deu a vitória para o Palmeiras no duelo do último domingo (14) com o Fluminense, no Allianz Parque, o atacante Cristaldo admitiu, em entrevista coletiva nesta terça-feira (16), na Academia de Futebol, que contou com um fator extra para marcar o seu nono gol nesta temporada: a sorte.

“Pouca sorte não, foi muita (risos). Quando o Egídio foi cobrar (a falta), eu estava na barreira para impedir um pouco da visão do goleiro. A bola sobrou para mim, fiz uma tabela com a trave e, graças a Deus, pude fazer o gol. Fui meio mal porque chutei com o joelho, mas foi só para a bola entrar”, declarou o palmeirense, que foi às lágrimas minutos após o apito final do confronto com os cariocas.

Cristaldo anotou o gol derradeiro na vitória contra o Fluminense. (Mídia Palmeirense)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Cristaldo anotou o gol derradeiro na vitória contra o Fluminense. (Mídia Palmeirense)

“Fiquei emocionado porque, quando estava indo falar com a imprensa, olhei para cima e vi a minha mulher. Ela estava muito contente e aí fique emocionado. Durante a semana, ela estava triste pelas coisas que estavam acontecendo. Sou jogador de futebol e sei o que acontece dentro do futebol, mas ela não sabe. Ela pensa que tudo é verdade, e se importa com o que falam de mim. Na verdade, não é assim. O jogador de futebol está exposto a comentários e críticas de momento”, explicou.

Sobre o seu futuro junto ao Verdão, o argentino crê em um ‘recomeço’ depois da chegada do técnico Marcelo Oliveira, apresentado oficialmente no início da tarde desta terça.

“A ansiedade é para todo mundo. Todos que estão aqui têm uma renovação de esperança também, mas não temos de esquecer o que fizemos antes com o Oswaldo. Todos procurarão seu espaço, mas o professor que decide. Todos têm de estar feliz com qualquer decisão”, falou o atleta, que ainda não havia tido um primeiro contato com o comandante no momento da coletiva.

“Não conversei com o treinador ainda. Depois teremos uma palestra oficial e ele se apresentará. É um treinador capaz e inteligente, e os resultados mostram isso. Ele é bicampeão brasileiro e é muito difícil conseguir isso, acho que será muito bom para o Palmeiras”, afirmou. “A tecnologia ajuda muito para que o treinador identifique jogadores e saiba da qualidade de cada um, mas, se puder impressionar com vontade gana e sacrifício nos treinos, faz um pouco de diferença”, emendou.

Cristaldo, por sua vez, reconhece que terá uma concorrência forte no ataque alviverde.

“Estou tranquilo, sempre procurarei o meu espaço, tanto dentro quanto fora de campo. Sempre tratarei de fazer o melhor para o Palmeiras. Se hoje eu não estou no time titular, tenho de trabalhar e fazer muito mais ainda para o plantel ter uma boa harmonia”, completou o atacante.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post