Palmeiras inaugura busto de Oberdan Cattani e eterniza goleiro no clube

Eternizado na memória da torcida palmeirense, Oberdan Cattani está agora imortalizado nas alamedas da sede social alviverde.

O ídolo Oberdan Cattani disputou 351 pelo Palestra Italia/Palmeiras entre as décadas de 40 e 50. (Mídia Palmeirense)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

O ídolo Oberdan Cattani disputou 351 pelo Palestra Italia/Palmeiras entre as décadas de 40 e 50. (Mídia Palmeirense)

Com a presença do presidente Paulo Nobre, conselheiros e familiares do ex-arqueiro, o Palmeiras inaugurou nesta sexta-feira (12) – data na qual o ídolo comemoraria 96 anos – o busto em homenagem a um dos maiores atletas da história do clube. Oberdan, agora, reside ao lado de Junqueira, Waldemar Fiúme e Ademir da Guia no Verdão.

A homenagem é uma forma de reconhecimento e agradecimento pelos 14 anos dedicados por Oberdan ao Palestra Italia e Palmeiras nos gramados, além de outros anos como conselheiro. A construção do busto havia sido aprovada pelo Conselho de Orientação e Fiscalização e do Conselho Deliberativo do clube, ainda em 2013, e a história foi escrita nesta sexta-feira (12). Oberdan faleceu em 21 de junho de 2014, aos 95 anos, em decorrência de infecção pulmonar.

“Essa homenagem que há muito tempo se fala nós conseguimos com aprovação do COF e Conselho Deliberativo. Queria cumprimentar a família, era uma pessoa muito querida, foi nosso companheiro de Conselho. Sempre, seja dentro ou fora de campo, amando o Palestra e Palmeiras como só ele sabia. É uma homenagem mais que justa. Todos nós palmeirense ficamos felizes. Obrigado, Oberdan, por tudo o que você fez pela gente”, disse Paulo Nobre.

Oberdan Cattani defendeu as cores do Palestra Italia/Palmeiras por 351 partidas, entre 1941 e 1954, figurando até hoje entre os jogadores que mais atuaram pelo clube. Neste período, conquistou quatro títulos do Campeonato Paulista (1942, 1944, 1947 e 1950), além do Rio-São Paulo e a Copa Rio de 1951 (Primeiro Campeonato Mundial de Clubes). Além disso, o goleiro foi um dos protagonistas da Arrancada Heroica de 1942 (clique aqui e saiba mais sobre ele).

Até esta sexta-feira (12), somente três atletas do clube haviam sido perpetuados com um busto: Waldemar Fiume, Junqueira e Ademir da Guia – uma homenagem ao ex-goleiro Marcos também está em fase de produção. Walkyria Cattani, filha de Oberdan, não escondeu a emoção pelo momento histórico. Ao lado de dirigentes do clube, agradeceu a homenagem e admitiu que o busto era um dos grandes sonhos do ídolo palestrino que se concretiza.

“Meu pai, hoje, não está aqui de público. Mas tenho certeza absoluta de que ele está aqui entre nós. Era um dos maiores sonhos dele ter esse busto. E conseguimos. Nós lutamos e aqui estamos. Ele mereceu, foi um grande homem. Não só um homem que tem uma estátua na Sociedade Esportiva Palmeiras, mas foi gente de verdade. Agradeço muito a vocês. Dia 12 é especial para todos. 96 anos de Oberdan Cattani. Está realizado o sonho de um grande ídolo”.

Somente três atletas do clube haviam sido perpetuados com um busto: Waldemar Fiume, Junqueira e Ademir da Guia. (Mídia Palmeirense)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Somente três atletas do clube haviam sido perpetuados com um busto: Waldemar Fiume, Junqueira e Ademir da Guia. (Mídia Palmeirense)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post