Zé Roberto quebra bate nova marca e ajuda a acabar com jejum

Predestinado a quebrar marcas, Zé Roberto superou mais uma barreira ao se tornar, o jogador mais velho a marcar gol no dérbi vestindo o manto palestrino.

Zé comemora o gol que lhe rendeu a quebra da marca que durava três anos. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Zé comemora o gol que lhe rendeu a quebra da marca que durava três anos. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Com 40 anos, 10 meses e 25 dias de idade, Zé Roberto desbancou o volante Marcos Assunção, que, com exatos 35 anos e 8 meses, anotou o único gol alviverde na derrota para o arquirrival por 2 a 1 no dia 25 de março de 2012.

Na estreia do Campeonato Paulista de 2015, contra o Audax, em janeiro, o camisa 11 já havia superado o ex-goleiro Gato Fernández como o jogador mais velho a atuar pelo Palmeiras em partidas oficiais (40 anos, 6 meses e 25 dias). Ainda no torneio regional, diante do Rio Claro, o craque, então com 40 anos, 7 meses e 6 dias de vida, anotou um dos gols alviverdes na vitória por 3 a 0 e quebrou a escrita do ex-atacante Feitiço, que ostentou o posto de goleador mais antigo do Verdão durante 75 anos.

“Sinto-me lisonjeado, pois atingir marcas importantes num clube com a grandeza do Palmeiras ficará guardado para sempre em minha carreira. É claro que quebrar escritas só me motiva mais a trabalhar em busca do meu maior objetivo: conquistar um título. Assim, junto destas marcas, consolidarei um tempo vitorioso que ficará marcado na história do Palmeiras”, comemorou o jogador.

A respeito da possibilidade de angariar maiores conquistas individuais, o palmeirense não hesitou em colocar o jogo coletivo no primeiro plano.

“É claro que é possível, mas meu pensamento é somente na vitória. Não entro com a cabeça focada em quebrar escritas, e, por isso, passa a ser algo secundário a mim, embora eu não descarte as oportunidades. Quando cheguei ao Palmeiras, jamais imaginei que fosse superar estas marcas. Felizmente, isto foi possível, e, se as chances existem, trabalharemos para que elas aconteçam”, projetou.

Após anos de atuação fora do Brasil – principalmente no futebol alemão –, Zé Roberto enalteceu a mudança da mentalidade do futebol brasileiro em relação aos atletas veteranos. Para o camisa 11, a ideia de aceitação a jogadores mais experientes nos clubes brasileiros de elite é algo “novo”.

“Antigamente, era difícil ver jogadores de 35 anos atuando no Brasil em alto nível. Destes, posso citar como exemplo o Júnior e o Toninho Cerezo. Já nos últimos anos, isso tem sido frequente com o retorno de atletas da Europa para o Brasil. Casos como o do Seedorf, Alex, Gilberto Silva, que foi meu companheiro no Grêmio, Dida… São a prova de que é possível trazer experiência e qualidade ao futebol em idade avançada. Aos poucos, estamos quebrando este paradigma, pois, se o jogador cuida de si, ele decide se quer parar com 32, 35, 40 ou 45 anos, que é o meu caso (risos)”, finalizou.

Quebra do tabu

Os gols marcados por Rafael Marques e Zé Roberto quebraram o jejum do Palmeiras diante do maior rival, o Corinthians, que já durava dez partidas. A vitória alviverde não acontecia desde 2011, quando o Verdão bateu a equipe alvinegra por 2 a 1 no Campeonato Brasileiro daquele ano.

A maior marca invicta da história do confronto, que é de 12 jogos, pertence ao Palmeiras: são 11 vitórias e 1 empate, conquistados entre 04/05/1930 e 05/08/1934. No período, o Verdão marcou 38 gols e sofreu apenas nove. Destaque para goleadas como os 4 a 0 pelo Paulistão de 1930, os 5 a 1 pelo Rio-SP de 1933 e, é claro, os 8 a 0 – também em 1933 – que foi válido pelo Paulista e Rio-SP.

Além disto, Rafael Marques se igualou a Cristaldo como artilheiro do time na temporada com oito gols marcados. Diante dos corintianos, em dois jogos, o atleta marcou duas vezes.

Rafael Marques comemora 1º gol do Derby. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Rafael Marques comemora 1º gol do Derby. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post