Animado com projeto, Leandro Almeida mira títulos e elogia força da torcida

Novo reforço do Palmeiras, zagueiro Leandro Almeida, ex-Coritiba, foi anunciado oficialmente no início da tarde desta quinta-feira (02), na Academia de Futebol.

Com vínculo firmado até o final de junho de 2019, o defensor não escondeu a sua satisfação por vestir a camisa do Verdão nas próximas temporadas, mesmo reconhecendo a grande disputa que terá para garantir uma vaga entre os titulares da equipe palestrina.

“É um prazer vestir essa camisa grande do Palmeiras, sei do trabalho que terei. Procurarei corresponder dentro de campo à altura pela contratação. Sei da dificuldade que terei para jogar, sei do potencial dos meus companheiros, são jogadores de qualidade. Mostrarei o meu trabalho, e, quem sabe, ajudarei os meus companheiros dentro de campo”, disse o jogador, que elogiou o trabalho do clube nesta temporada.

Leandro Almeida recebeu a camisa 44 do Verdão. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leandro Almeida recebeu a camisa 44 do Verdão. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

“O projeto que o Palmeiras tem para este ano é muito grande, não à toa contratou 23 jogadores. O Palmeiras está pensando grande e em título, sempre trabalhando pela parte de cima da tabela. No ano passado, o Palmeiras não foi tão bem, mas, neste ano, está completamente diferente. Espero que a gente esteja brigando lá no G-4 logo mais”, declarou.

Conhecido do técnico Marcelo Oliveira, com quem trabalhou no Atlético-MG, o atleta leva esta relação como motivação para ter sucesso no time paulista.

“Trabalhei com ele na base do Atlético-MG. Quando teve a oportunidade de ele assumir o time profissional, ele me promoveu e me colocou como titular. Agradeço demais a confiança que ele tem em mim”, falou. “É um incentivo a mais, pois ele sabe do meu potencial. Sei que a oportunidade aparecerá e, quando aparecer, corresponderei à altura”, emendou a contratação.

Além do comandante, Leandro Almeida também encontrará outros dois conhecidos no elenco palmeirense: o meia Robinho, companheiro nos tempos de Coritiba, e o atacante Dudu, que também atuou pelo Dínamo de Kiev-UCR, ex-clube do novo camisa 44 do Verdão.

“Falei com os dois no mesmo dia, eles me passaram a grandeza do clube. Isso até o Alex, que joguei junto no Coritiba, me falou. Ele me contou sobre a força da torcida. Quando o time está bem, ela incentiva do início ao fim, e a mesma coisa acontece quando o time está mal. Isso mostra a grandeza do clube”, comentou o alviverde, referindo-se ao ex-meia Alex, que foi campeão da Copa Libertadores de 1999 com o Palmeiras.

Já sobre a sua estreia com a camisa verde e branca, o zagueiro corre contra o tempo para estar à disposição do treinador Marcelo Oliveira, já que ficou sem treinar durante o período de negociação com o Verdão.

“Estou há uma semana fazendo somente parte física, e nesta semana já trabalhei com bola e me senti bem. Hoje (quinta-feira), eu acredito que devo fazer um treinamento com jogadores que não jogaram ontem (quarta-feira) e, quem sabe, eu possa estar preparado para o jogo contra a Ponte Preta”, projetou – Palmeiras e Ponte Preta jogarão neste domingo (05), às 18h30, na Arena Pantanal, em Cuiabá-MT.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post