Com maioria na torcida, Palmeiras vence Ponte Preta na Arena Pantanal

O Palmeiras foi até Cuiabá para enfrentar a Ponte Preta e não decepcionou torcida alviverde presente em ampla maioria na Arena Pantanal, e venceu 3ª seguida no Brasileirão.

Pela 11ª rodada do campeonato, o Verdão superou a equipe de Campinas pelo placar de 2 a 0, com uma atuação de gala do atacante Dudu, autor dos dois gols da partida.

O mando era dos alvinegros, mas a torcida mato-grossense fazia o Palmeiras se sentir em casa e Arena Pantanal parecer o Allianz Parque. E o Palmeiras logo retribuiu o carinho: aos 8, Rafael Marques dominou a bola dentro da área e acertou um cruzamento perfeito para Dudu. De cabeça, o atacante abriu o placar e fez a festa da torcida em Cuiabá. (Ponte Preta 0 x 1 Palmeiras)

Torcida mato-grossense fez o Palmeiras se sentir em casa. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Torcida mato-grossense fez o Palmeiras se sentir em casa. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Depois dos primeiros 10 minutos, a partida ficou mais concentrada no meio de campo. Os dois sistemas defensivos funcionavam bem e ninguém conseguia chegar na área em boas condições de finalizar.

A Ponte tentava chegar pelos lados do campo e com lançamentos longos, mas esbarrava na defesa alviverde. O Palmeiras pressionava a saída de bola e tocava passes no meio-campo, procurando criar espaços para atacar. Destaque dos últimos dois jogos, Egídio era outra boa opção de ataque do Verdão. Com velocidade, o lateral-esquerdo aparecia no apoio com frequência.

Mas a noite era de Dudu. Aos 40, Leandro Pereira recebeu lançamento, ganhou a disputa com o defensor adversário e tocou para Rafael Marques, na direita. A parceria funcionou mais uma vez e o camisa 19 serviu Dudu, que chegou livre no meio da área para marcar seu segundo no jogo. (Ponte Preta 0 x 2 Palmeiras)

O Palmeiras voltou para o segundo tempo com Zé Roberto no lugar de Robinho. O camisa 27 sentiu um desconforto na primeira etapa e foi poupado pelo técnico Marcelo Oliveira, por precaução.

Com a vantagem no placar, o Verdão controlava a partida e valorizava a posse de bola. A Ponte Preta pressionava mais no ataque, mas também oferecia mais espaços para o contra-ataque alviverde. Confiante depois dos dois gols, Dudu apostava nos dribles e chutes de fora da área, infernizando a defesa adversária.

Aos 14, Cristaldo substituiu Leandro Pereira. Querido pela torcida, o atacante argentino foi bastante festejado na Arena Pantanal. A alteração também deu mais movimentação e velocidade ao ataque alviverde.

A equipe do interior tinha mais posse de bola, mas pecava nas finalizações. Já o Verdão, administrava o resultado e apostava no contra-ataque. Aos 28, Rafael Marques saiu, aplaudido, para dar lugar a Cleiton Xavier.

Aos 31, a Ponte Preta desperdiçou sua melhor chance na partida. Felipe Azevedo chegou na linha de fundo e cruzou rasteiro para Leandrinho, que, livre dentro da área e com o gol aberto, finalizou para fora.

A Ponte Preta ensaiou uma pressão no fim, mas o jogo terminou em 2 a 0 para o Palmeiras, que ainda teve chances de ampliar antes do apito final, com Dudu e Cristaldo. Na próxima quarta-feira (08), o Verdão enfrenta o Avaí no Allianz Parque, às 21h, em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Escalação: Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos, Vitor Hugo e Egídio; Gabriel, Arouca e Robinho (Zé Roberto); Dudu, Rafael Marques (Cleiton Xavier) e Leandro Pereira (Cristaldo).

Cartões Amarelos: Lucas, Victor Ramos, Dudu

Gols

Palmeiras: Dudu (8’ e 40’ – 1º Tempo)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post