O ano que vem chegou para Sociedade Esportiva Palmeiras

O ano que vem chegou para Sociedade Esportiva Palmeiras

 Por Thiago Censi

Desde o fim da parceria Palmeiras-Parmalat, ao final do ano de 2000, a Sociedade Esportiva Palmeiras vive tempos difíceis. Times pífios; política suja e gestões horríveis. Essa série de fatores resultou na pior década da nossa gloriosa e vencedora história. Com exceção da nossa torcida que, ano após anos, decepção atrás de decepção, só vem aumentando seu amor e se conectando cada vez mais ao Palmeiras. Prova disso é o nosso programa de Sócio Torcedor, Avanti – que até o final de 2015 – será o líder entre os clubes do Brasil.

Há quantos anos ouvimos: “aprendemos com os erros, ano que vem é nosso”. E o roteiro não era o esperado. Fomos muito mal tratados pelos que administravam o Palmeiras e o seu futebol. Com exceção da temporada de 2008 com o título Paulista e 2009 que brigamos pelo campeonato Brasileiro nenhum ano nos deixou saudade. 2012 com a queda para segundo divisão, o título da Copa do Brasil foi deixado em segundo plano.

Após quase 3 anos a frente do Palmeiras, o presidente Paulo Nobre parece ter conseguido arrumar a casa alviverde. Mesmo não concordando com alguns posicionamentos do atual Presidente, é inegável que administrativamente e financeiramente, Nobre vem colocando ordem: profissionalizando departamentos, delegando corretamente, criando processos e, principalmente, investindo no time. O próximo presidente pegará uma instituição com saúde financeira e perspectiva.

Sou da opinião de que o extracampo influencia diretamente no vestiário, no time e, por consequência, nos resultados dentro de campo. Tenho a convicção que muito do que ocorreu nos últimos tempos se deve a conturbada política de interesses que deixava o bem da Sociedade Esportiva Palmeiras em segundo plano.

Hoje o Palmeiras é exemplo de benchmarking com o programa Avanti, hoje informações não são vazadas para imprensa, hoje temos um marketing – que se ainda não é o melhor – vem evoluindo muito e gerando importantes receitas ao Palmeiras, temos a camisa mais valiosa do país e a Arena mais moderna da América Latina, temos a melhor média de público do campeonato com média de 33 mil pessoas/jogo e, principalmente, TEMOS UM ELENCO que brigará pelos títulos da Copa do Brasil e do Brasileirão. Como sempre foi em nossa história.

Prefiro sempre analisar o copo cheio, portanto, afirmo: o ano que vem chegou para o Palmeiras.

Voltamos a ser protagonistas. Voltamos a ter o respeito de nossos adversários. Voltamos a ser PALMEIRAS!

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post