Alecsandro vê ‘concorrência boa’ no ataque e projeta recomeço no Palmeiras

Depois de ficar afastado por uma lesão na coxa esquerda, o atacante voltou ao time do Palmeiras e, agora, projeta sequência de partidas com o manto palestrino.

Feliz com a recepção de seus companheiros e, principalmente, da torcida, o novo camisa 90 sabe, no entanto, que terá bastante trabalho para se tornar um dos 11 iniciais do técnico Marcelo Oliveira.

“É uma concorrência boa, saudável e difícil. São bons jogadores, o Cristaldo é o nosso xodó, um moleque muito carismático e foi o cara que me mais me chamou a atenção no dia a dia de trabalho. O Leandro (Pereira) vem fazendo gols, e o Lucas (Barrios) é um jogador de Seleção. É uma concorrência forte, eu cheguei para ajudar, já sabendo de todo o potencial de ataque, não só do ataque, mas da equipe do Palmeiras. Hoje sai um jogador, entra outro e a qualidade continua”, falou.

Experiente, o atleta reconhece que o momento é de pensar coletivamente.

“A busca é sempre por espaço, e eu quero jogar sempre, mas, acima de tudo, poder ajudar. Claro que a titularidade tem de ser um objetivo, e eu, com toda a minha história no futebol, tenho de procurar ser titular. Mas isso acontece por vários fatores, de você estar treinando bem, de estar bem fisicamente e tecnicamente e de conseguir mostrar para o treinador que a opção correta é você”, disse, comentando sobre o seu período longe das quatro linhas.

Alecsandro retornou ao time do Palmeiras contra o Cruzeiro. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Alecsandro retornou ao time do Palmeiras contra o Cruzeiro. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

“Não tenho histórico de lesões, e, infelizmente, as minhas lesões sempre são muito sérias. Essa do Palmeiras me pegou de surpresa, me tirou um mês e foi em um momento de muita expectativa, não só minha, mas do torcedor também. Um novo momento, um novo clube e me identifiquei muito com a torcida do Palmeiras. Eu escolhi o Palmeiras como a minha nova casa, principalmente por ver o Palmeiras nesta busca por títulos”, declarou.

Já sobre os recentes resultados do Verdão no Brasileiro, Alecsandro foi bastante direto.

“O grande clube que quer ser campeão brasileiro ou quer uma vaga na Libertadores, que é o caso do Palmeiras, precisa ganhar dentro de casa. Esta derrota contra o Atlético-PR, junto com a derrota para o Cruzeiro, nos traz essa cobrança. Se tivéssemos vencido o Atlético-PR, talvez esta contra o Cruzeiro tivesse passado despercebida”, comentou. “É bom ver que duas derrotas seguidas já causam uma cobrança, isso mostra que há uma expectativa muito grande para que vejam o Palmeiras forte. Quando existe uma cobrança, tem tudo para crescer mais para a frente”, emendou.

O atacante, inclusive, crê em um Palmeiras vitorioso até o final do ano.

“Sabemos o nosso compromisso dentro da competição, temos de nos comprometer com o Palmeiras. Sabemos de todo o investimento e da expectativa, principalmente do nosso torcedor, para que o Palmeiras brigue pelo título, mas não podemos trazer isso para nós. Sabemos que, pelo investimento, é um time que tem de brigar pelas primeiras colocações”, finalizou.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post