M. Oliveira celebra goleada contra Flamengo e destaca ‘poder de reação’

Depois de ficar três jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras voltou em grande estilo ao caminho das vitórias na competição

Após jogo duro contra Flamengo, Marcelo Oliveira elogia atuação da equipe. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Após jogo duro contra Flamengo, Marcelo Oliveira elogia atuação da equipe. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Com gols de Jackson, Cleiton Xavier, Dudu e Alecsandro, o Verdão goleou o Flamengo por 4 a 2, na manhã deste domingo (16), no Allianz Parque, e chegou aos 31 pontos conquistados no Nacional. Diante dos cariocas, o técnico Marcelo Oliveira viu uma equipe com muita raça, mas cobrou evolução em alguns pontos do time.

“É um alívio, temos de ter confiança no trabalho que está sendo feito. Quando a gente vem de uma sequência ruim, nós precisamos corrigir, orientar e dar força, mas cobrar também, e foi isso que aconteceu e os jogadores entenderam. Tivemos outras dificuldades hoje da mesma forma, tudo o que queríamos era um gol cedo, e fizemos. Para quem está jogando em casa e com um gol rápido, vira uma situação de conforto, mas não foi isso que aconteceu. O Flamengo começou a jogar muito mais, e nós não atacávamos sempre”, disse.

O comandante, inclusive, detalhou as falhas palestrinas no duelo deste final de semana.

“No intervalo, nós pedimos um time que pudesse marcar melhor e ficar um pouco mais com a bola. Melhoramos no segundo tempo, mas, mesmo assim, levamos um gol de bola parada. Tem o mérito do adversário, mas, quando tem marcação individual, alguém descuidou. Isso não pode acontecer porque gente treina muito isso. Mas o que fica é o poder de reação, o time não se abateu com o resultado. A vitória é importante e, quem sabe, podemos ter uma boa sequência de vitórias agora”, declarou o treinador, que confiava bastante em um triunfo contra o Flamengo.

“Quando você trabalha intensamente, com lealdade e se propõe a fazer um trabalho honesto, você vai tranquilo e com perspectiva de vitória. Eu venho sempre com perspectiva de vitória, e nós temos ciência de que os jogos que perdemos eram jogos possíveis de ganhar, justamente pela situação dos adversários, embora todos tenham muita tradição. Hoje era um jogo de risco, e certamente o torcedor ficaria aborrecido (com uma derrota), mas em momento algum nós perdemos a confiança de que podíamos reagir e conseguir a vitória. Precisamos ter este sentimento de que foi muito difícil, e uma reação diante de um adversário que tem muito controle de bola”, comentou.

O Palmeiras volta a campo nesta quarta-feira (19), às 22h, para enfrentar o Cruzeiro, no Allianz Parque, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Já no domingo (23), às 18h30, será a vez de encarar o Atlético-MG, em Belo Horizonte-MG, desta vez pelo Campeonato Brasileiro.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post