O caminho para a recuperação

Diego Garcia Barboza (@diegogarbar)
Redação Mídia Palmeirense

Foram 9 pontos desperdiçados em 3 rodadas. Exatamente a distância que nos separa do topo da tabela nesse momento. O prejuízo é grande, mas ainda recuperável. Mesmo com a má fase repentina, o desempenho de nossos concorrentes não foi suficiente para nos deixar para trás nessa caminhada. Graças também a boa sequencia anterior, que nos deixou com uma gordura razoável, mas que já foi queimada.

A parte de cima da tabela continua tão embolada como estava há 3 rodadas. Ninguém desgarrou do grupo, mas se na 15ª rodada estávamos a 4 pontos da 1ª colocação, hoje, na 18ª estamos a 9. Além disso, não podemos ignorar que a pontuação dos times que estão entre a 9ª e a 16ª posição, subiu como um todo e estão mais próximos em nossa relação. Olhando a tabela, vemos praticamente uma escada crescente de pontos, com diferenças de 1 ou 2 pontos entre cada clube, tamanho o equilíbrio do Campeonato.

Vejamos o que fizeram os nossos adversários nos últimos 5 jogos:

–  SCCP: 3 vitórias e 2 empates – 11 pontos conquistados

– Atlético-MG: 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas – 8 pontos conquistados

– Grêmio: 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas – 8 pontos conquistados

– SPFC: 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas – 8 pontos conquistados

– Fluminense: 1 vitória e 4 derrotas – 3 pontos conquistados

– Sport: 1 vitória, 3 empates e 1 derrota – 6 pontos conquistados

– Atlético-PR: 3 vitórias, 1 empate e 1 derrota – 10 pontos conquistados

– Palmeiras: 2 vitórias e 3 derrotas – 6 pontos conquistados

 

Apesar do péssimo desempenho Alviverde, o Fluminense fez apenas 3 pontos e o Sport conquistou 6, mas com uma 1 vitória a menos. 3 times fizeram 2 pontos a mais que o Palmeiras (8 pontos), e apenas Atlético-PR e SCCP conseguiram se destacar com mais de 10 pontos ganhos. Essa é a prova de que o campeonato está embolado e foram poucos os times que conseguiram conquistar mais de 9 pontos em 5 jogos. Ou seja, o nosso desempenho caiu, mas está dentro da média.

Nas próximas 4 rodadas, temos totais condições de melhorarmos esse cenário e voltarmos a brigar lá em cima. Claro, o time precisa se acertar, mas a sequência de jogos é razoável. Pegaremos o Flamengo (12º colocado) neste domingo, dia 16. Jogo difícil, mas vitória obrigatória.  Depois enfrentaremos o Atlético-MG (2º) fora de casa, o Joinville em casa (17º) e o Goiás (18º) fora de casa, antes de fazermos o Derby em casa no dia 6 de setembro. Até lá, teremos feito 6 partidas (4 pelo Brasileiro e 2 pela Copa do Brasil) e temos totais condições de chegarmos com o moral elevado. No mínimo 6 pontos devem ser conquistados nessa sequência, com as vitórias em cima de Flamengo e Joinville. Contra o Atlético-MG um empate ficará de bom tamanho. Ontem vimos que é possível vencê-los no Mineirão. E uma vitória contra o Goiás para devolver o tropeço no Allianz Parque, na 2ª rodada, ficará de ótimo tamanho. Assim, chegaremos para o confronto direto contra o SCCP no Allianz Parque com força.

Como vimos acima, praticamente ninguém conseguiu fazer 10 pontos em 5 rodadas. Ou seja, essa sequencia nos colocará novamente lá em cima, assim como a arrancada de rodadas atrás fez. Basta confiar, e fazermos a nossa parte, pois os adversários também estão tropeçando a todo o momento. Esse Brasileirão vai cair no colo de quem errar menos. Vamos batalhar para reverter à situação.

Para finalizar, como resposta pelas 3 derrotas seguidas e a “crise”, a torcida do Palmeiras resolveu dar uma demonstração a equipe para o jogo de domingo. Os ingressos estão ESGOTADOS para o confronto. Será que estamos juntos com o time?

Essa é a nossa resposta para as dificuldades.

Saudações Palestrinas! Avanti Verdão!!

Veja mais

Compartilhe Este Post