Palmeiras esbarra em forte marcação e sofre revés para Atlético-PR

Com dificuldade para passar pela defesa atleticana, o Verdão sofreu um revés por 1 a 0 para a equipe paranaense.

O Palmeiras entrou em campo na manhã deste domingo (2) para encarar o Atlético-PR, em jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida contou com um público de 38.794 espectadores, o maior no Allianz Parque no torneio nacional.

O Verdão começou melhor a partida e, com menos de um minuto de jogo, já teve a primeira boa chance: Robinho tocou na área para Dudu, que bateu à esquerda do gol atleticano. Seis minutos mais tarde foi a vez do atacante servir o camisa 27, que, da entrada da área, arriscou travado pela zaga paranaense.

Aos nove minutos, após boa jogada no ataque do Atlético, Otávio deu o passe para Crysan, que chutou para boa intervenção de Fernando Prass. No lance seguinte, a resposta alviverde veio com Rafael Marques, que arrematou rasteiro de fora da área, obrigando a defesa de Weverton.

Com mais presença ofensiva, o Palmeiras seguiu pressionando. Aos 14, Dudu arrancou pelo lado direito e cruzou na pequena área, mas nenhum palestrino conseguiu aproveitar. Logo na sequência, o Atlético partiu para o ataque. Marcos Guilherme arriscou chute perigoso de fora área e Prass caiu para encaixar a bola.

Aos 20, Robinho deu um lindo drible em cima de Hernani e bateu de longe. Weverton caiu no canto e espalmou para a linha de fundo. Com 33 minutos de jogo, Gabriel deixou o gramado sentindo dores e deu lugar a Andrei Girotto.

Aos 41, Victor Ramos fez ótima inversão para Rafael Marques, que deixou para Egídio. O lateral cruzou na cabeça de Leandro Pereira, que cabeceou sobre a meta adversária.

Nos últimos momentos da primeira etapa, o duelo ficou equilibrado, com as jogadas muito concentradas no meio de campo. Já nos acréscimos, Robinho deu uma caneta em Otávio e foi agarrado na entrada da grande área. Ele mesmo cobrou a falta, que passou por cima, com desvio da zaga atleticana.

O Verdão retornou para a segunda etapa com Kelvin no lugar de Rafael Marques. E logo aos dois minutos, o camisa 29 arriscou bom chute de fora da área, mas a bola foi pela linha de fundo.

Mostrando muita habilidade em seus primeiros lances, Kelvin fez mais uma ótima jogada pelo lado direito, driblou o zagueiro e bateu rasteiro, obrigando Weverton a salvar o Atlético.

Com a partida muito equilibrada, aos 17 minutos, Marcelo Oliveira resolveu mexer no ataque palmeirense, promovendo a entrada do paraguaio Lucas Barrios no lugar de Leandro Pereira.

Aos 31, após passar por Arouca, Otávio bateu de fora e Fernando Prass desviou para a linha de fundo. Na cobrança de escanteio, após confusão na área, a bola sobrou para Walter, que tocou na saída do arqueiro palestrino e marcou para o Atlético. (Palmeiras 0 x 1 Atlético-PR)

Já nos últimos minutos, o Verdão tentou abafar o clube paranense em busca do empate. Aos 44, após bola lançada para dentro da área, Lucas Barrios e Victor Ramos não se entenderam e a bola sobrou nas mãos de Weverton, perdendo boa oportunidade de gol. Três minutos depois, Egídio ainda tentou em cobrança de falta, mas a bola passou por cima.

No último lance da partida, Fernando Prass levantou para o ataque, Leandro Almeida girou e bateu com muito perigo por cima da meta rubro-negra.

Buscando retomar a sequência de vitórias, o Palmeiras volta a campo no próximo domingo (9), às 16h, contra o Cruzeiro no Mineirão, em mais um duelo pelo Campeonato Brasileiro.

Escalação: Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos, Leandro Almeida e Egídio; Gabriel (Andrei Girotto), Arouca e Robinho; Dudu, Rafael Marques (Kelvin) e Leandro Pereira (Lucas Barrios).

Cartão amarelo: Victor Ramos

Gols

Atlético-PR: Walter

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post