Paulo Nobre discursa para mídia internacional sobre gestão e transparência

O mandatário alviverde, sabatinado por jornalistas de diferentes países, explicou, em inglês, como a transparência tem sido benéfica para o Verdão

O presidente Paulo Nobre deu uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira (14), na Academia de Futebol, para falar sobre o SAP, software de gestão que o clube contratou no começo de 2014.

“Houve uma resistência quando estávamos introduzindo o SAP no Palmeiras, as pessoas não entendiam muito, diziam que era algo desnecessário. Mas hoje, após um ano e oito meses, é um sucesso. É tudo muito claro e transparente. Não tem como o dinheiro ficar por debaixo da mesa, é absolutamente impossível. Também não há espaço para atitudes apaixonadas, como gastar milhões em contratações de jogadores caros. É tudo bloqueado. Sem contar que, com essa lisura comprovada, estamos conseguindo mais e mais parceiros para investir no clube, como foram os casos da Crefisa, Prevent Senior e FAM”, disse o presidente, que expôs uma meta.

O presidente Paulo Nobre concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol junto com Luciano Paciello (à dir.), CFO (diretor financeiro) do clube. (Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

O presidente Paulo Nobre concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol junto com Luciano Paciello (à dir.), CFO (diretor financeiro) do clube. (Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação)

“Investir em tecnologia e infraestrutura nunca é dinheiro jogado fora. Com certeza, renderá frutos ao clube a médio prazo. Como o Barcelona é referência em todos os sentidos no mundo, o Palmeiras será na América do Sul daqui a algum tempo. Estamos trabalhando e investindo com esse objetivo. E, para começar, nada melhor que dispor de um programa que ajuda a controlar as finanças como o SAP”.

Luciano Paciello, CFO (diretor financeiro) do clube, também estava presente e explicou a eficiência da tecnologia.

“Além de controlarmos tudo o que entra e sai de finanças, o software cataloga também todos os processos, as aprovações, as assinaturas, tudo. Não tem como ser mais transparente”, afirmou o profissional.

Ao todo, 14 jornalistas, que antes visitaram o Allianz Parque, participaram da coletiva. Havia um alemão, três ingleses, três mexicanos, um argentino, um chileno, dois colombianos, uma portuguesa, uma americana e uma peruana.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post