Pré-jogo: Cruzeiro x Palmeiras

Diego Garcia Barboza (@diegogarbar)
Redação Mídia Palmeirense

 

O Palmeiras entrará em campo hoje, às 16 horas, para enfrentar o Cruzeiro no Mineirão, em jogo válido pela décima sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Após a derrota em casa no último domingo, uma semana de folga e muitos treinamentos, o Verdão precisará ir à Belo Horizonte para arrancar os 3 pontos do rival fora de casa, que também precisa da vitória a qualquer custo para se recuperar na tabela. A expectativa com certeza é de um grande jogo, apesar do Cruzeiro não ter a mesma equipe qualificada do ano passado, o encontro é um clássico do futebol nacional e já protagonizou diversas decisões eletrizantes em torneios principalmente durante a década de 90. Além disso, os times se enfrentarão pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o que promete dar um tempero ainda maior para o jogo de hoje.

Após uma sequencia irretocável o Palmeiras tropeçou justamente em casa contra um adversário direto na tabela. Isso nos custou três posições na tabela como efeito imediato, mas em termos de pontuação continuamos no bolo principal da classificação. Com os 28 pontos nos mantemos na 6ª posição, a apenas um ponto do Sport (o 4º colocado). O primeiro bom resultado já aconteceu ontem no confronto entre o Avaí (13º) x Fluminense (3º). O time carioca foi até Florianópolis e perdeu por 1×0, o que os deixou com 30 pontos, e a possibilidade de terminar a rodada até em 8º, dependendo da combinação de resultados. Outros 2 confrontos diretos podem mexer na tabela nesse momento: Atlético-PR x Sport na Arena da Baixada e SPFC x SCCP no Morumbi. A melhor combinação possível nesses dois jogos, seriam 2 empates. Ainda devemos secar o Atlético-MG que vai até o Serra Dourada enfrentar o Goiás, e o Grêmio que jogará contra o Internacional, em sua Arena.

Esses são os jogos mais importantes da rodada para o Palmeiras. Mas voltamos a dizer, de nada adianta secar os adversários se não fizemos a nossa parte dentro de campo. Em caso de vitória chegaremos aos 31 pontos e podemos entrar novamente no G-4. Esse é o tipo de jogo que uma vitória dá uma moral enorme para a equipe e o Brasileirão exige isso. Até agora o nosso retrospecto fora de casa é bastante equilibrado: foram 3 vitórias, 2 empates e 2 derrotas. Mais uma vitória nos dará um aproveitamento bastante próximo do que temos no Allianz Parque. Se tivéssemos feito melhor a nossa lição de casa no Campeonato até agora, poderíamos estar na liderança. Mas não adianta remoer o que já passou, o time tem de ter em mente nesse momento que precisa jogar fora de casa para vencer. Uma vitória que não vem em casa, tem de vir fora.

A equipe de Vanderlei Luxemburgo está apenas na 16ª colocação com 18 pontos ganhos. Jogando no Mineirão o time tem um retrospecto de 3 vitórias, 2 empates e 1 derrota. O Cruzeiro desse ano é um time bastante modificado em relação ao ano passado; perdeu os seus principais destaques e não trouxe jogadores à altura dos que saíram. Mas mesmo assim ainda possui bons atletas em seu plantel. O provável time que entrará em campo será: Fábio; Léo, Paulo André, Manoel e Mena; Willians, Henrique e Fabrício; Alisson, Marinho e Vinícius Araújo.

Marcelo Oliveira promoveu último treinamento antes de embarque para Belo Horizonte. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Marcelo Oliveira promoveu último treinamento antes de embarque para Belo Horizonte. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Do lado do Palmeiras, a imprensa durante a semana fez questão de relacionar o nome de Marcelo Oliveira com o antigo clube e insistiu em perguntar como o treinador reagiria ao reencontrar o torcedor do time que dirigiu por tanto tempo (como se essa fosse a primeira vez que isso acontece no futebol brasileiro). O treinador respondeu de maneira profissional, ressaltou que considera a situação normal e que isso não teria nenhuma influencia em seu comportamento; como era de se esperar. Na verdade esse é um trunfo que ele tem em mãos, pois conhece muito bem os jogadores que lá estão o que nos dá uma grande vantagem. Essa é a única análise cabível.

Em campo com a baixa de Gabriel no meio campo do Palmeiras, Marcelo Oliveira testou duas formações diferentes nos treinamentos dessa semana; na primeira parte do trabalho Amaral foi escolhido como o parceiro de Arouca e já no segundo momento, Cleiton Xavier substituiu Amaral e fez a função de 2º volante. Ainda não foi definido (pelo menos externamente) qual será a escolha do treinador para esse jogo. Se optar por Amaral irá com um time mais fechado. Caso opte por Cleiton, teremos um time com mais toque de bola e menos marcação. A segunda baixa para o jogo ocorreu no treinamento de ontem na Academia de Futebol. Barrios que vinha treinando como titular (na quinta e sexta) levou uma pancada na panturrilha direita e comissão técnica decidiu poupá-lo para a partida. Naturalmente Leandro Pereira voltará a formação titular. O zagueiro Vitor Hugo voltou a treinar com bola durante a semana, mas não voltará para a equipe titular por estar sem ritmo de jogo. De resto, o time deverá ser o mesmo que atuou na partida de domingo contra o Atlético-PR. O trio de arbitragem será composto por Wilton Pereira Sampaio – GO (FIFA), e os auxiliares Fabrício Vilarinho da Silva – GO (FIFA) e Bruno Raphael Pires – GO (Asp FIFA).

 

HISTÓRICO:

  • Jogos: 81
  • Vitórias do Palmeiras: 29
  • Empates: 22
  • Vitórias do Cruzeiro: 30
  • Gols marcados: 122
  • Gols sofridos: 115

 

ESCALAÇÃO:

 

Marcelo Oliveira manterá o esquema tático 4-2-3-1. O time irá a campo com: Prass, Lucas, Victor Ramos, Leandro Almeida e Egídio, Arouca e Amaral (Cleiton Xavier); Rafael Marques, Robinho e Dudu; e Leandro Pereira.

 

RELACIONADOS:

 

Goleiros: Fernando Prass e Aranha

Laterais: Lucas e Egídio

Zagueiros: Victor Ramos, Leandro Almeida, Jackson e Vitor Hugo

Volantes: Arouca, Amaral e Andrei Girotto

Meias: Robinho, Cleiton Xavier e Zé Roberto

Atacantes: Rafael Marques, Cristaldo, Dudu, Leandro Pereira, Kelvin, Gabriel Jesus, Alecsandro e Mouche.

 

DESFALQUES:

Gabriel (operação), Lucas Barrios (desconforto muscular), Allione (recuperação) e João Pedro (lesão muscular).

 

 

Vamos Verdão!!! Avanti Palestra!!!

Veja mais

Compartilhe Este Post