Após resultado ruim, Alecsandro mira G-4 e alerta sobre Inter: ‘Muito difícil’

Titular no empate com o Corinthians, no Allianz Parque, o atacante Alecsandro não ficou satisfeito com o resultado final diante do rival alvinegro

Apesar de reconhecer a qualidade do adversário, o camisa 90 sabe que mais um triunfo dentro de casa era fundamental para o Verdão alcançar os seus objetivos nesta edição do Campeonato Brasileiro – o time palestrino ocupa a sétima posição na tabela do Nacional com 35 pontos conquistados.

“Foi um jogo difícil, um jogo que já é considerado um dos melhores do Brasileiro deste ano. O que a gente lamenta é sair três vezes à frente no placar e ceder o empate, até porque estávamos jogando contra o líder e sabemos como é difícil fazer gols no Corinthians. Fizemos três e sofremos o empate de uma maneira que nos deixou chateados. Seriam três pontos em cima do líder e nos colocaria em uma situação melhor na tabela, até porque o nosso objetivo é buscar as primeiras colocações. O resultado é ruim pelo que apresentamos na partida”, comentou.

Alecsandro concedeu entrevista coletiva nesta segunda-feira (7). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Alecsandro concedeu entrevista coletiva nesta segunda-feira (7). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

O atleta, inclusive, acredita que a equipe precisa dar um passo por vez na competição.

“A busca pelo título acontece quando você está dentro do G-4. Ontem (domingo), eu tomei a liberdade com os meus companheiros e falei que não adianta pensarmos no título se ainda não estamos no G-4, e é assim que funciona. Não tem como chegar ao décimo andar sem passar pelo sétimo. Sabemos das dificuldades, a briga pelo título e pelo G-4 será difícil, e acredito que será decidida nas últimas rodadas”, disse o jogador, que vê uma disputa grande na parte de cima da tabela do Brasileirão.

“A briga está ficando mais acirrada a cada rodada que passa. Eu diria que tanto o G-4 quanto o título ainda estão em aberto, tudo pode acontecer. Lembro que o Palmeiras teve uma sequência de sete jogos sem perder, e, da mesma maneira que o Corinthians está tendo uma sequência positiva, ele pode ter uma negativa. O futebol brasileiro nos proporciona algumas surpresas, não tem como cravar quem é favorito”, analisou.

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

E, nesta quarta-feira (09), às 19h30, Alecsandro prevê outro duelo decisivo e complicado, desta vez contra o Internacional, no Rio Grande do Sul-RS.

“É muito difícil jogar contra o Inter no Beira-Rio, assim como é difícil jogar contra o Goiás no Serra Dourada, contra o Coritiba no Couto Pereira… São sempre jogos difíceis e temos de ficar atentos ao que o treinador pede. Hoje, o Palmeiras tem uma equipe forte fora do gramado, que estuda jogador por jogador. Estes mínimos detalhes que os profissionais trazem para a gente acabam nos favorecendo em alguns jogos. Será um jogo extremamente difícil”, completou.

Suspensos por conta do terceiro cartão amarelo, os jogadores Lucas, Robinho, Gabriel Jesus e Dudu não enfrentarão o rival gaúcho, fora de casa.

“Perdemos quatro jogadores que vinham jogando nas últimas partidas. Primeiramente, temos de ver como uma oportunidade para quem está fora mostrar o seu valor. No futebol, não tem como lamentar essas coisas, pois temos lesões, terceiro cartão amarelo, desfalque por cansaço… Por isso que o Palmeiras tem um elenco de qualidade. Neste momento, nós temos de fazer valer toda a força do elenco. Perdemos quatro grandes jogadores, mas ganharemos quatro grandes jogadores também”, finalizou o atacante.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post