Argentinos passaram apuros em São Paulo

Jogadores do Palmeiras sofrem assalto à mão armada em São Paulo

Voltando a São Paulo após o jogo contra o Fluminense no Rio de Janeiro,  foram abordados na volta para a Academia de Futebol

Os três atacantes argentinos, Cristaldo, Mouche e Lucas Barrios, passaram por apuros na última quinta-feira (17.09.2015), logo depois que desembarcam no aeroporto de Congonhas.

Após dividirem um taxi sentido a Academia de Futebol, na zona oeste de São Paulo. No caminho, o assaltante em uma moto surpreendeu Churry, que vinha falando no celular no banco de trás. O assaltante teve o relógio furtado.

No momento que que falava ao telefone, o assaltante o abordou enquanto falava no telefone e bateu no vidro com um revólver. O argentino rapidamente ofereceu o celular, porém o ladrão optou pelo relógio do atleta.

Após o ocorrido, os três atletas ainda assustados, pararam próximo ao Allianz Parque para pedir ajuda aos Policiais Militares. Desconfiavam que haviam sido seguido pelo assaltante desde o aeroporto. Do ponto em diante, foram escoltados pelos militares até a Academia de Futebol.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post