Atualizado: A situação contratual dos 25 reforços

Diego Garcia Barboza (@diegogarbar)
Redação Mídia Palmeirense

No fim de julho fizemos um levantamento a respeito da situação contratual dos atletas contratados em 2015. Relembre a matéria aqui!

Desde então, algumas mudanças aconteceram na equipe titular e provavelmente isso pode refletir no desenrolar das negociações pendentes até o fim de 2015. Os dois principais casos citados naquele momento foram o de Fernando Prass e Rafael Marques, ambos considerados referências do time e que tinham contrato com término em dezembro de 2015. A situação de Fernando Prass parece praticamente resolvida, como foi noticiado na semana passada na imprensa. Apenas a assinatura do novo contrato separa o Arqueiro titular de mais 2 anos de contrato com o Verdão. Já o caso de Rafael Marques está mais distante de um desfecho do que se imaginaria há alguns meses atrás. Hoje o Presidente Paulo Nobre em uma entrevista falou sobre a situação de Rafael Marques e Zé Roberto, abaixo o que dissemos naquele momento:

“O caso do atacante Rafael Marques é diferente. Ele chegou ao Palmeiras no começo do ano, muito contestado pela torcida e imprensa, por empréstimo até o dia 31 de dezembro e com opção de compra fixada no valor de US$1,5 milhões (o que no câmbio atual chega a aproximadamente R$4,7 milhões). Hoje, o jogador de 32 anos é um dos mais importantes do time; experiente, muito versátil, figura entre os artilheiros da temporada, é titular absoluto, anotou gols decisivos em clássicos e demonstra muita vontade de continuar na equipe após o fim de seu empréstimo. Está muito a vontade no time, parece se dar bem com todos e se sente em casa. Pelo que demonstrou até agora, o Palmeiras deverá exercer a opção de compra junto ao Henan Jianye da China.”

Mas o que mudou nesse intervalo de 2 meses?

O valor fixado para a compra de Rafael Marques continua fixado em Us$1,5 milhões, o que na cotação atual do câmbio, ultrapassa a casa dos R$6 milhões, quase 25% a mais do que em Julho. Além disso o que parece ter o maior peso nessa situação é a queda de desempenho do atacante nos últimos tempos. Se antes ele era considerado titular incontestável de Marcelo Oliveira, fazendo muitos gols e decidindo clássicos, agora o jogador vive um novo momento de disputa por uma vaga no ataque, que agora conta com Gabriel Jesus (que teve uma explosão de rendimento) e Dudu (antes de cumprir a suspensão) como titulares. Em algumas partidas Rafael ficou no banco e não entrou, em outras entrou no decorrer dos jogos e chegou até a fazer gols, mas sem a mesma consistência e pegada de antes. Sem Dudu ele tem sido preterido por Zé Roberto no esquema de Marcelo de Oliveira.

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

O que o torcedor palmeirense pensa desse investimento? O investimento vale a pena?

Os valores aumentaram e passaram a ficar mais pesados para os cofres do Palmeiras e a queda de rendimento nos últimos jogos, pesam contra a compra do jogador. Se for possível uma negociação com o clube chinês, com a redução desses valores e a retomada de um bom momento em campo, o negócio pode voltar a ser interessante. A questão é que nesse momento, os 3 atacantes titulares (Gabriel Jesus, Dudu e Barrios) são do Palmeiras e dificilmente perderão espaço para um jogador emprestado. De qualquer maneira o jogador continua sendo muito importante para o elenco, pela sua experiência e convivência, e ainda pode render bons frutos dentro de campo.

Em relação a Zé Roberto, o lateral/meia tem o seu vínculo com o clube até o fim de 2015, e já começa a ter a sua situação contratual levantada pela mídia, principalmente nesse momento em que voltou a figurar entre os atletas mais utilizados do elenco, seja na lateral esquerda ou como meia. Apesar dos seus 41 anos, ele não tem vinculo com nenhum clube, o que facilitaria bastante em caso de uma renovação. O atleta é muito útil ainda ao elenco e a nossa opinião continua a mesma: vale a pena renovar por mais 1 ano.

Um caso que foi resolvido recentemente foi o do zagueiro Vitor Hugo. O Palmeiras exerceu a sua preferência de compra (com valor reduzido até o fim de Agosto, depois continuaria com preferência mas pagando mais) e fechou com o defensor por 5 anos. Ele é o zagueiro que mais atuou em 2015 pelo time com 43 partidas, 6 gols e o único que foi considerado titular absoluto da defesa até o momento. As outras peças continuam se revezando em busca da afirmação no setor, mas ninguém ainda atingiu o seu patamar de segurança. Certamente uma compra muito bem feita, pois o atleta tem muita qualidade, está se desenvolvendo e é um dos pilares do elenco para 2016.

Outra novidade em relação há 2 meses foi a chegada do 25º reforço do ano, o volante Thiago Santos, do América-MG que veio para fazer parceria com Arouca, na vaga do contundido Gabriel. O jogador veio após o Palmeiras pagar multa rescisória de R$1 milhão e contrato até dezembro de 2018. Até o momento o jogador já teve grandes atuações defensivas nos últimos jogos do Verdão.

A situação de outros atletas continuam pendentes e em aberto; como são os casos de Andrei Girotto, Aranha, Jackson, João Paulo, Kelvin e Victor Ramos. Quais serão os desfechos de seus contratos em dezembro de 2015? Eles ainda tem um pouco mais de 2 meses para mostrar o porque devem continuar no Palmeiras. Quais as suas apostas?

Saudações Alviverdes!

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post