É dia de quebrar o tabu!

Diego Garcia Barboza (@diegogarbar)
Redação Mídia Palmeirense

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

Que o Beira-Rio é um estádio “amaldiçoado” para o Palmeiras, todo torcedor está cansado de saber. Basta olharmos as estatísticas em torno do confronto contra o Inter lá para entendermos do que se trata. E mesmo fora de casa o time gaúcho costuma ser indigesto para o Palmeiras, algo bem fora do comum de nossa vitoriosa história contra praticamente todos os times do Brasil. O tabu está aí: desde 1997 o Palmeiras não consegue vencer o Inter nos seus domínios. Lá se vão quase 18 anos desde que o time de Felipão foi ao Beira-Rio e venceu a partida por 1×0 com um gol de Wágner. Dentro de casa o nosso último triunfo também está um pouco distante; aconteceu há 5 anos.

Mas deixando o lado histórico do confronto de lado, vamos analisar o que realmente interessa: o momento vivido pelos dois times em campo. No campeonato Brasileiro 3 pontos separam as duas equipes na tabela. O Verdão está em 4º com 44 pontos e o Inter aparece em 7º com 41. Temos duas vitórias a mais, mas uma derrota também. O nosso ataque é o mais positivo da competição com 48 gols e a nossa defesa (não tão sólida) levou 30. O ataque do Inter é bem menos eficiente (apenas 27 gols) e a defesa está se saindo um pouco melhor apenas, com 28 gols sofridos.

Nos embates pelo Brasileirão estamos em desvantagem: um empate por 1×1 no Allianz Parque e uma derrota por 1×0 no Beira-Rio. O último jogo, porém, não serve de parâmetro para o que teremos pela frente hoje, principalmente para o lado do adversário. Fomos à Porto Alegre com o time desfalcado e remendado, bem longe do que a nossa equipe titular pode apresentar. Mas que os erros apresentados naquele jogo, sirvam de lição e alerta para os que entrarem em campo hoje. Não queremos outra atuação abaixo da média como aquela.

Apesar da ausência de Thiago Santos, que vem jogando muito bem e reforçando a nossa defesa, teremos o retorno de Dudu, que não cumpre a sua suspensão nos jogos da Copa do Brasil. Logo o time irá a campo hoje com a sua força total, diferente do Inter que terá dois grandes desfalques: D’Alessandro e Sasha (e talvez Lisandro). Sem dúvida a partida será eletrizante assim como qualquer jogo de mata-mata em uma quartas de final. Independentemente de tabu, o Palmeiras tem todas as condições de sair de Porto Alegre com um grande resultado nas mãos. O principal nesse tipo de confronto é não tomar gols. Um empate em 0x0 seria positivo e nos daria uma boa vantagem para o jogo de volta no Allianz Parque. Uma vitória então nem precisamos dizer.

O que pode acontecer está em aberto, mas a postura do Palmeiras em campo tem de ser impecável. O time tem de encontrar o equilíbrio em suas ações dentro de campo, tanto na parte tática quanto na parte psicológica. Defesa e ataque precisam estar sincronizados e focados. Hoje os erros individuais que vimos nas últimas partidas não podem acontecer e comprometer todo o trabalho da equipe. E certamente o poder ofensivo do trio Dudu-Barrios-Jesus incomodará demais o adversário. A escalação do time de Marcelo Oliveira provavelmente será:  Fernando Prass; Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Amaral e Arouca; Dudu, Robinho e Gabriel Jesus; Lucas Barrios.

 

Temos totais condições de sairmos de lá com um grande resultado e matarmos o jogo no Allianz lotado e vibrante!

Vamos Palmeiras, rumo as semis!!!!!

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

 

Veja mais

Compartilhe Este Post