M. Oliveira cobra concentração para atingir objetivos: ‘Podemos chegar’

Acostumado a disputar títulos durante a sua carreira como técnico, Marcelo Oliveira não está satisfeito com o rendimento do Palmeiras no Brasileiro

Após alternar entre bons e maus resultados no torneio, o comandante, agora, quer uma equipe mais concentrada para as próximas rodadas do Nacional, visando o retorno ao G-4 da competição – com 35 pontos conquistados, o Verdão ocupa a oitava posição na tabela do campeonato.

“A expectativa do torcedor é a mesma que a nossa. O torcedor vai com toda paixão pensando em títulos, e tem todo o direito e está certo nisso. Sempre temos de pensar em coisas maiores, estar entre os quatro e disputar o título. Sempre temos de ter o pensamento de que podemos chegar. Fizemos grandes jogos contra o São Paulo, o Corinthians e o Atlético-MG, e isso nos dá um direcionamento para isso. Estamos vacilando em alguns momentos, principalmente contra equipes que estão abaixo de nós. Temos de ter um pouco mais de concentração e competir para acumular estes pontos. Lamentaria muito se não fôssemos campeões da Copa do Brasil ou se não ficássemos entre os primeiros do Brasileiro”, confessou.

Marcelo Oliveira concedeu entrevista coletiva nesta sexta (11). (Mídia Palmeirense)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Marcelo Oliveira concedeu entrevista coletiva nesta sexta (11). (Mídia Palmeirense)

E, para que esta evolução aconteça, o palmeirense mantém o diálogo com o elenco palestrino.

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

“A conversa do técnico com os jogadores é constante, quase diária. Muito mais quando passamos por um momento como este. Estamos jogando bem, e o jogo contra o Corinthians mostrou isso. Com desfalques, fizemos um jogo igual contra o Internacional, mas sempre com desatenção, que tem um preço muito alto. Conversaremos, trabalharemos e nos cobraremos em relação a isso”, declarou o treinador, que voltou a falar sobre o pouco entrosamento dos jogadores que chegaram ao Palmeiras em 2015.

“É um elenco de boa qualidade, mas o problema é que não temos um time ainda. Estamos formando o time durante a competição. A dificuldade são as lesões e a ausência de jogadores. Fica muito claro que Corinthians e Atlético-MG, como tem base dos anos anteriores, têm uma forma muito mais natural e tranquila, enquanto o Palmeiras oscila”, opinou.

O Verdão volta a campo no sábado (12), às 21h, para enfrentar o Figueirense, no Allianz Parque, pela 25a rodada do Campeonato Brasileiro. Já no dia 16 de setembro (quarta-feira), às 19h30, será a vez de visitar o Fluminense, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro-RJ, também pelo Nacional. Pela Copa do Brasil, o próximo compromisso acontecerá somente no dia 23 deste mês, às 19h30, em duelo com o Internacional, pelas quartas de final do torneio.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post