Palmeiras avança na integração entre base e profissional

Troca de informações entre as áreas do Palmeiras é constante, e reuniões quinzenais da base garantem que todos os processos estejam alinhados

A cada semana que passa, o Palmeiras diminui a distância existente entre a equipe profissional e as categorias de base. As boas atuações de Gabriel Jesus e a convocação de diversos jovens para jogos do Verdão nas últimas semanas são frutos de um grande processo de integração, que ocorre no clube desde o início do ano e tem ganhado maior visibilidade.

O diretor de futebol, Alexandre Mattos, e o gerente de futebol, Cícero Souza, participaram do encontro com representantes dos departamentos da base. (Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

O diretor de futebol, Alexandre Mattos, e o gerente de futebol, Cícero Souza, participaram do encontro com representantes dos departamentos da base. (Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Na noite desta segunda-feira (14), o encontro periódico do Palmeiras reuniu representantes de todos os departamentos da base (supervisão, comissões técnicas, diretoria, captação, assistência social e nutrição), além do diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos, e do gerente de futebol, Cícero Souza. Cada departamento expôs suas atividades recentes e todos puderam participar da discussão sobre os rumos e objetivos do trabalho.

O clube inicia agora o terceiro estágio da integração, com dois treinos semanais e simultâneos da base na Academia de Futebol, como ocorreu na manhã desta terça-feira (15) . Nos últimos jogos, além de Gabriel Jesus, Nathan e João Pedro, pratas da casa já conhecidas pela torcida, outros jovens receberam chances no time. O lateral Lucas Taylor chegou a entrar em campo em alguns jogos, e outros foram convocados, como os meias Juninho e Arancibia, o atacante Kaue e o volante Daniel, todos do Sub-20.

“As reuniões ocorrem quinzenalmente e visam a troca de informações. Quando fisiologia, nutrição, psicologia, assistência social e comissões trazem o que está sendo desenvolvimento no trabalho individualizado, no projeto e no objetivo a ser alcançado, todos participam da formação. O trabalho entre base e Profissional é 100% integrado. O Sub-20 e o Sub-17 treinam em conjunto e já servem de suporte para o time principal. Entramos agora no terceiro estágio da integração, sempre buscando diminuir a distância no trabalho”, disse Cícero Souza.

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

A comissão técnica e diretoria do Palmeiras também conhecem as características de todos os principais atletas das categorias de base, e o treinador do Sub-20 participa ativamente de algumas decisões ao lado da comissão do Profissional. Neste ano, o técnico do time júnior do Palmeiras chegou a acompanhar toda a preparação para um jogo do Profissional, desde a preleção no hotel até a conversa no intervalo e o pós-jogo no Allianz Parque – ação destacada por João Paulo Sampaio, coordenador geral das categorias de base do Verdão.

“O Palmeiras não se preocupa somente em formar atletas, mas também em formar grandes profissionais no futebol. Tivemos recentemente funcionários da base que agora integram o Profissional, especialmente no departamento médico. A equipe principal abriu toda a preparação de um jogo para o treinador do Sub-20, desde a prelação no hotel, que é bem diferente das realizadas na base, até o intervalo. Isso eu nunca tinha presenciado em 30 anos de futebol. Vamos repetir essas ações no futuro”, afirmou João Paulo Sampaio.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post