Após revés, M. Oliveira projeta semifinal com Fluminense pela Copa do Brasil

Marcelo Oliveira acredita que resultado ruim não irá refletir no jogo contra o Fluminense, quarta-feira (28), às 22h, no Allianz Parque, pelas semifinais da Copa do Brasil

Jogando no estádio do Pacaembu, o Palmeiras não conseguiu superar o Sport e foi derrotado por 2 a 0 na noite deste sábado (24).

“Eu espero que não (interfira na quarta). Eu espero que não em relação ao torcedor porque havia uma dúvida onde jogaríamos e decidimos por lá (arena) pelo torcedor e pela pressão. Quando você perde jogando mal, é uma coisa. Quando você perde para uma equipe como o Sport, muito entrosada, é outra coisa. Estamos chateados, afinal era uma oportunidade de ir para o G-4. Tínhamos de fazer mais, não pelo espírito de luta, mas pelo espírito de decisão”, disse o comandante, que comentou sobre a atuação do time neste final de semana.

'A gente entende a insatisfação', disse Marcelo Oliveira em entrevista coletiva após o jogo contra o Sport. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

‘A gente entende a insatisfação’, disse Marcelo Oliveira em entrevista coletiva após o jogo contra o Sport. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

“Sinceramente, não achei que hoje estava desorganizado. Perdemos um jogo, poderia ter sido diferente, mas não achei desorganizado. Nós erramos tecnicamente. No segundo tempo, nós demos o contra-ataque porque tivemos de sair, mas estava organizado. Na maioria dos jogos, não é desorganização, é a produção do time. O setor do meio de campo é o coração do time, e temos problemas sem jogadores importantes. Temos a expectativa do Robinho, gostei muito do Matheus Sales, só o tirei porque ele poderia ser expulso, mas ganhamos uma nova opção”, comentou.
Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

Por fim, Marcelo Oliveira reconheceu uma oscilação nas apresentações do clube.

“O Palmeiras está inconstante mesmo. Nós não temos um time padrão, o palmeirense não consegue escalar o Palmeiras. Ou por contusões, que coincidentemente aconteceram muitas em um setor só, ou porque temos de trocar por produção ruim de um jogador. Mesmo assim, o Palmeiras está disputando o G-4 e uma vaga na final de um campeonato. A gente entende a insatisfação, também não estou satisfeito com o que está acontecendo, nem ninguém no Palmeiras”, afirmou o treinador.

Depois de encarar o Fluminense pelas semifinais da Copa do Brasil, o Verdão volta a campo no dia 01 de novembro (domingo), às 17h, para enfrentar o Santos, na Vila Belmiro, pela 33ª rodada do Brasileirão. Já no dia 08 do mesmo mês, será a vez de receber o Vasco, no Allianz Parque, também pelo Nacional.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post