Com emoção! Palmeiras bate Internacional e avança às semis da Copa do Brasil

Em um duelo eletrizante do início ao fim, o Palmeiras bateu o Internacional no Allianz Parque por 3 a 2 e garantiu vaga nas semifinais da Copa do Brasil 2015

Mesmo com a vantagem de poder empatar por 0 a 0 e conquistar a vaga, após ter arrancado empate por 1 a 1 na partida de ida, o Verdão começou trocando passes no campo de ataque nos primeiros momentos, enquanto o Inter apostava nas investidas pelos lados do campo.

Torcida alviverde empurrou o time para a vitória no Allianz Parque lotado. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Torcida alviverde empurrou o time para a vitória no Allianz Parque lotado. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Logo na primeira oportunidade de gol da partida, aos sete minutos, Zé Roberto cobrou escanteio perfeito paraVitor Hugo, que subiu de cabeça e desviou no canto de Alisson, abrindo o marcador na arena. (Palmeiras 1×0 Internacional)

Com o gol, o time colorado passou a apertar a saída de bola e a trocar maior número de passes no território palmeirense, mas a forte marcação e os desarmes precisos da equipe alviverde impediam a criação do Internacional.

Aos 20 minutos, Robinho caiu no gramado sentindo uma dor na virilha e pediu para ser substituído. Em seu lugar, Marcelo Oliveira optou por colocar o atacante Rafael Marques, deixando Dudu mais próximo da armação da equipe.

Com o duelo bastante equilibrado, o Internacional apostou principalmente nas arrancadas dos meias Valdívia e Anderson, além de levantar muitas bolas paradas na área, sem levar grande perigo à meta palestrina.

A melhor chance dos gaúchos aconteceu aos 35. Após cobrança de escanteio, Nilton subiu e cabeceou na trave. No rebote, Ernando ficou cara a cara com Fernando Prass, mas Amaral, travou de forma providencial e salvou o Verdão de sofrer o empate.

A resposta palmeirense veio na sequência. Dudu recebeu na esquerda e arriscou lançamento para a grande área, onde estava Lucas. Na marcação do lateral alviverde, Alex acabou tocando o camisa 32 por trás e cometeu pênalti para o Verdão. Na batida, Zé Roberto bateu com categoria, tirando de Alisson, e ampliou a vantagem. (Palmeiras 2×0 Internacional)

As duas equipes seguiram com muita velocidade, mas sem grandes chances antes do intervalo. Para a segunda etapa, Marcelo resolveu tirar Amaral – amarelado na partida – e colocou Andrei Girotto em sua vaga.

O primeiro minuto da etapa final foi agitado. Rodrigo Dourado recebeu lançamento dentro da grande área e cabeceou com perigo, obrigando Fernando Prass a salvar o Verdão. Na sequência, Gabriel Jesus deu ótimo passe para Rafael Marques, que emendou cruzado, mas Alisson encaixou a bola.

Com o Inter precisando buscar o resultado, o Palmeiras passou a usar os contra-ataques como arma para ameaçar o colorado. Mas, aos 12 minutos, quem acertou ofensivamente foi a equipe gaúcha. Anderson tentou o passe pela esquerda, a bola bateu em Jackson e sobrou para o próprio camisa 8, que ficou frente a frente com Prass e diminuiu o placar. (Palmeiras 2×1 Internacional)

Aos 15, foi a vez de Dudu fazer boa jogada pelo lado direito e cruzar na área. A zaga do Inter afastou o perigo e, no rebote, o próprio Dudu arriscou de primeira e a bola raspou o travessão adversário.

Depois do gol do Inter, a partida ficou tensa e a equipe gaúcha partiu para cima em busca de um gol que lhe garantiria a classificação. Aos 23, Valdívia fez boa jogada na entrada da área e arriscou colocado, mas Prass caiu e ficou com a bola.

O duelo, carregado de emoção, ganhou ares ainda mais dramáticos quando, aos 28, Alex cobrou falta, Rodrigo Dourado – em posição de impedimento – desviou e Lisandro López tocou para o fundo das redes. O gol foi validado e o Internacional empatou a partida. (Palmeiras 2×2 Internacional)

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

A comemoração da torcida colorada no Allianz Parque durou muito pouco. Um minuto depois, o Palmeiras trocou passes no campo de ataque e a bola sobrou para Allione no lado direito. O argentino, que entrou no lugar de Gabriel Jesus durante o segundo tempo, cruzou na cabeça de Andrei Girotto, que raspou na bola e colocou de novo o Verdão na frente. (Palmeiras 3×2 Internacional)

Aos 43, Dudu fez linda jogada pela direita e tocou para Barrios. Na marca do pênalti, o paraguaio tocou dividindo com Alisson e perdeu a chance de matar o jogo para o Verdão.

Os quatro minutos de acréscimo do árbitro deram uma dose a mais de emoção na partida. E quando, aos 47, Lisandro López bateu de fora da área no ângulo, a torcida palestrina prendeu a respiração e viu Fernando Prass fazer um milagre e mandar para longe qualquer chance de eliminação.

Dois minutos depois, Wilton Pereira Sampaio apitou o fim de jogo e a festa tomou conta do Allianz Parque, tomado por mais de 33 mil palestrinos. Com o resultado, o Verdão está na semifinal da Copa do Brasil e vai enfrentar o Fluminense, que eliminou o Grêmio em Porto Alegre.

O próximo compromisso do Verdão será fora de casa. No domingo (4), às 18h30, o time enfrenta a Chapecoense pelo Campeonato Brasileiro.

Escalação: Fernando Prass; Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Zé Roberto; Amaral (Andrei Girotto), Arouca e Robinho (Rafael Marques); Dudu, Gabriel Jesus (Allione) e Lucas Barrios.

Cartões amarelos: Dudu, Amaral, Lucas

Gols

Palmeiras: Vitor Hugo (7’ – 1º tempo), Zé Roberto (38’ – 1º tempo), Andrei Girotto (29’ – 2º tempo)

Internacional: Anderson (12’ – 2º tempo), Lisandro López (28’ – 2º tempo)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post