G. Jesus pede cautela, mas avisa: ‘Vamos para cima deles’

Com apenas 18 anos de idade, o atacante Gabriel Jesus já se tornou uma peça imprescindível no time do técnico Marcelo Oliveira

Discreto fora de campo, mas ousado e criativo dentro das quatro linhas, o camisa 33 conquistou o seu espaço no Verdão após boas atuações e gols importantes que deram ao clube paulista a possibilidade de disputar o título da Copa do Brasil e a vaga no grupo das quatro melhores equipes do Campeonato Brasileiro.

“Está sendo um sonho realizado. Estou trabalhando forte, e Deus está honrando. Fico feliz com este momento, pois estou conseguindo demonstrar o meu futebol, e tem o trabalho da minha família também, além dos meus companheiros que me ajudam. Isso é importante”, disse. “Eu trabalho firme, e, quando não dá na técnica, eu vou na vontade. Nem sempre eu estarei bem, assim como todos os jogadores de futebol, mas sempre darei o meu máximo para honrar a camisa do Palmeiras”, completou.

O atacante Gabriel Jesus concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol nesta terça-feira (20). (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

O atacante Gabriel Jesus concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol nesta terça-feira (20). (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Humilde e sempre com os pés no chão, o palmeirense vislumbra um futuro glorioso no time.

“O sonho de todo jogador é ser o melhor do mundo. Todos sonham, ainda mais quando é jovem. Mas, para isso, tenho de trabalhar bastante. Eu venho trabalhando e sou muito novo ainda. Tenho objetivos na carreira, que é ficar no Palmeiras, me tornar ídolo e depois sair”, declarou, ressaltando também o apoio que recebe das pessoas mais próximas.

“Sou bem sossegado, todo mundo conversa comigo. Todos me apoiam e tentam me orientar, e graças a Deus eu tenho uma estrutura muito boa. Todos no Palmeiras me ajudam muito. Pego os comentários com carinho, e isso é muito importante”, falou.

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

A quatro jogos de poder levantar o seu primeiro título pelo Palmeiras, Jesus, no entanto, pede cuidado com o Fluminense, adversário desta quarta-feira (21), às 22h, no Rio de Janeiro-RJ, pelas semifinais da Copa do Brasil.

“A gente vai disposto a jogar, mas sempre respeitando a equipe adversária. O Fluminense é muito capacitado, e nós jogaremos o nosso jogo. Será uma partida dura, mas iremos para cima”, afirmou o palestrino, que possui ótimas recordações da sua última passagem pelo estádio do Maracanã.

“Tenho uma lembrança boa jogando contra o Fluminense no Maracanã. Eu consegui fazer um gol, mas o mais importante foi a vitória. No primeiro tempo, nós não conseguimos jogar direito, mas, no segundo, nós nos arrumamos e conseguimos vencer”, comentou o atacante, referindo-se ao triunfo por 4 a 1 sobre os cariocas, no dia 16 de setembro, em confronto válido pelo Brasileirão.

O jogador, porém, sabe que a história será diferente neste novo duelo entre os dois clubes.

“Cada jogo é um jogo, agora trata-se de uma semifinal de Copa do Brasil. Tentaremos e iremos jogar o nosso futebol. Aquele jogo já passou, mas temos de pegar aquele primeiro tempo como exemplo para não fazermos igual, e repetir o bom segundo tempo. Jogaremos o máximo que pudermos para conseguir a vitória”, finalizou.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post