Oliveira nega prioridade à Copa do Brasil e mira permanência no G-4

O técnico Marcelo Oliveira coleciona títulos importantes e participações em grandes decisões de diversas competições do Brasil

Com tantos números expressivos na carreira, o comandante sabe exatamente a receita para estar no topo dos principais torneios do país, e, por isso, não quer que o Palmeiras priorize nenhum dos campeonatos em disputa, que são a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro.

“Estamos disputando as duas competições e não dá para priorizar nenhuma delas. Temos de lutar para permanecer no G-4 (do Brasileiro) e, quem sabe, até aumentar a distância para o quinto colocado. A Copa do Brasil começou com 80 equipes e, hoje, tem apenas quatro. Lutaremos pelo título (da Copa do Brasil), que não será fácil, mas é possível”, afirmou.

Marcelo Oliveira concedeu entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (2). (Mídia Palmeirense)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Marcelo Oliveira concedeu entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (2). (Mídia Palmeirense)

Aliado a isso, o treinador vê com bons olhos o período sem jogos por conta das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

“Essa parada é boa em duas situações, uma para descansar e outra para trabalhar. Nós faremos trabalhos que não poderíamos fazer se tivessem jogos, como finalização e um trabalho mais intenso de permanecer com a bola. É neste sentido que aproveitaremos esse período”, declarou o palmeirense.

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

Mas, antes disso, o Verdão enfrenta a Chapecoense, neste domingo (04), às 18h30, em Chapecó-SC, pelo Brasileirão.

“Naturalmente já é difícil (enfrentar a Chapecoense), eles crescem muito em casa, ainda mais porque precisam dos pontos. Não dá para pensar em ter tranquilidade em nenhum jogo deste Campeonato Brasileiro. Temos de fazer bem o nosso trabalho, competir muito e nos impor como um time grande que tem pretensões de seguir no G-4”, disse.

Os jogadores Zé Roberto e Robinho ainda não estão confirmados para o embate contra os catarinenses.

“Os dois saíram com pequenas dores musculares (do jogo contra o Internacional). Se não jogar o Zé Roberto, nós colocaremos o Egídio, que é o jogador que vinha jogando. E o Rafael Marques ocuparia a vaga do Robinho, caso ele não jogue”, comentou o técnico.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post