Palmeiras sai atrás na decisão, mas gol fora deixa semifinal aberta

Após sair em desvantagem de dois gols, o Palmeiras conseguiu marcar seu tento fora de casa, e, apesar da derrota por 2 a 1, segue vivo na luta pela classificação

Disputando uma vaga na grande decisão da Copa do Brasil 2015, o Verdão foi até o Maracanã enfrentar o Fluminense, pelo jogo de ida das semifinais do torneio nacional. Com o resultado, o Palmeiras precisa de uma simples vitória por 1 a 0 na partida de volta, em São Paulo, para garantir o lugar na final.

Zé Roberto, de pênalti, marcou o gol do Palmeiras no Maracanã. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Zé Roberto, de pênalti, marcou o gol do Palmeiras no Maracanã. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

O jogo

Os primeiros minutos de jogo foram de pouca movimentação dentro de campo e alguns problemas “burocráticos”. Aos quatro minutos, Leandro Vuaden se confundiu ao dar cartão amarelo para Bruno Lopes, do Fluminense, quando na verdade a advertência seria para Wellington Silva, que entrou violentamente de carrinho em Fernando Prass.

Já aos sete, o árbitro gaúcho resolveu paralisar a partida, para que o Palmeiras trocasse sua camisa prateada pela branca, já que a cor estava gerando confusão entre os jogadores pela tonalidade parecida do uniforme tricolor.

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

Após três minutos de paralisação, a bola voltou a rolar. A equipe da casa tocava mais no meio de campo, enquanto o Verdão apostava nos contra-ataques puxados pelos lados do campo. No entanto, os passes errados e os desarmes deixavam a partida muito amarrada.

A primeira chance perigosa da partida só veio aos 23, quando Dudu cabeceou para dentro da área e Vitor Hugo arriscou uma linda bicicleta. A bola passou raspando a trave esquerda de Diego Cavalieri. Animado na partida, o time alviverde deu novo susto no arqueiro tricolor logo no lance seguinte. Allione recebeu pelo lado direito e cruzou com perfeição para Gabriel Jesus. Livre de marcação, o camisa 33 tocou de cabeça pela linha de fundo.

Aos 28, o Fluminense respondeu em jogo aéreo. Após cobrança de escanteio, Fred cabeceou firme, Prass fez grande defesa, mas Marcos Junior pegou o rebote e colocou no fundo do gol, inaugurando o marcador. (Fluminense 1×0 Palmeiras)

Aos 42, nova bola parada para o time mandante: cobrança de falta ensaiada para Gustavo Scarpa, que finalizou rasteiro, a bola passou por diversos jogadores, sofreu um leve desvio de Gum e não deu chances para Fernando Prass. (Fluminense 2×0 Palmeiras)

Precisando modificar a situação da partida, Marcelo Oliveira promoveu dupla substituição no intervalo: saíram Victor Ramos e Andrei Girotto e entraram Jackson e Egídio.

E o camisa 26 teve a primeira boa oportunidade da segunda etapa. Aos cinco minutos, depois de boa cobrança de escanteio, o zagueiro subiu e testou firme, mas a bola passou por cima do travessão.

Mais ofensivo na etapa final, o Verdão partiu para cima do time carioca e, aos 14 minutos,Barrios e Zé Roberto fizeram grande jogada na grande área e Gum derrubou o camisa 11 palestrino. Pênalti que o próprio Zé Roberto bateu com categoria e diminuiu o placar.(Fluminense 2×1 Palmeiras)

Aos 23, após cobrança de falta, Amaral cabeceou para o gol, mas o assistente marcou impedimento de forma incorreta. O volante palestrino estava a mesma linha da defesa do Fluminense. No lance seguinte, foi a vez da equipe carioca chegar com Magno Alves, que tocou para Marcos Junior marcar, mas o jovem tricolor estava em condição irregular.

Sete minutos depois, Gustavo Scarpa fez boa enfiada para Marcos Junior, que ficou frente a frente com Fernando Prass, mas o goleiro palmeirense saiu nos pés do adversário, para fazer grande defesa e salvar o Verdão.

Nos últimos minutos, a partida ficou bastante equilibrada, com as duas equipes buscando o ataque. Aos 40, Magno Alves fez boa jogada pela direita e finalizou, mas Lucas, apareceu para cortar no momento exato, evitando o terceiro do Fluminense.

Aos 44, foi Scarpa quem tentou rasteiro, mas a bola passou ao lado do gol de Fernando Prass e placar se manteve em 2 a 1 até o fim da partida.

O jogo de volta acontece na próxima quarta-feira (28), às 22h, no Allianz Parque. Antes, o Verdão tem compromisso no Campeonato Brasileiro: encara o Sport, no sábado (24), às 21h, no Pacaembu.

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

Escalação: Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos (Jackson), Vitor Hugo e Zé Roberto; Amaral, Andrei Girotto (Egídio) e Allione (Rafael Marques); Dudu, Gabriel Jesus e Lucas Barrios.

Cartões amarelos: Victor Ramos, Lucas

Gols

Fluminense: Marcos Junior (28’ – 1º tempo), Gum (41 – 1º tempo)

Palmeiras: Zé Roberto (15’ – 2º tempo)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post