Após felicidade pela estreia, F. Gabriel promete dedicação para ser titular

Contratado nesta temporada, o meia Fellype Gabriel fez a sua estreia pelo Palmeiras apenas no domingo (08), diante do Vasco, no Allianz Parque

O atleta, que sofreu com algumas lesões desde a sua chegada ao Verdão e por isso ficou impossibilitado de atuar pelo clube, agora reconhece que terá a tão deseja oportunidade de engatar uma sequência no time verde e branco. Dias depois de seu primeiro duelo pelo Alviverde, o camisa 30 não escondeu a emoção por voltar a fazer o que tanto gosta.

“Foi um momento muito feliz, uma vitória particular, apesar da derrota no jogo. Esses dois dias de folga foram bem complicados, pois pensei muito na derrota. Mas foi uma vitória particular, afinal voltar depois de um ano e dois meses é complicado. Nos primeiros minutos de jogo, você quer o ar e ele não vem, mas depois vai melhorando. Agora é dar sequência no trabalho, nós estamos em um momento importante, é uma reta final de campeonato e também tem a Copa do Brasil. Lutaremos para terminar bem este ano”, comentou.

Meia Fellype Gabriel concedeu entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (11) na Academia de Futebol. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Meia Fellype Gabriel concedeu entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (11) na Academia de Futebol. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Depois de um longo período apenas se recuperando e treinando, o jogador, inclusive, teve uma cobrança extra fora das quatro linhas.

“A cobrança era grande, tanto do torcedor quanto em casa. A minha filha falava: ‘Pai, fala para o treinador te botar, senão falarei com ele’ (risos). Eu sempre joguei, e ver fora é difícil, a criança não entende muito. Mas falei que continuaria trabalhando e iria aproveitar as oportunidades”, contou o palmeirense, que possui objetivos grandes com o manto palestrino.

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

“O que eu almejo é ser titular, e esse foi somente o meu primeiro jogo. Fiquei muito feliz de ter tido esta oportunidade e, agora, o treinamento que me dará ou não a condição de iniciar uma partida”, declarou. “A confiança vem no dia a dia. Eu sou um jogador que me dedico muito, não doso nada nos treinos porque preciso desta oportunidade, e tenho de melhorar e evoluir. E é isso que procurarei fazer no restante do campeonato”, emendou.

Por fim, o atleta comentou sobre o período em que o elenco do Verdão passará na cidade de Atibaia, no interior de São Paulo.

“É importante pelo momento que a gente vive, afinal estamos em uma reta final de campeonato e na disputa de um título. Quando o Marcelo (Oliveira) chegou, nós tivemos uma semana de treinos em Atibaia e foi muito proveitoso. É importante pela alimentação e pelo descanso, você fica realmente focado só nisso. Todos aqui acabam de trabalhar e têm a vida particular, lá em Atibaia você está no hotel e no dia a dia com os outros jogadores. Você acaba conversando sobre os jogos que perdemos, e isso é muito válido”, finalizou.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post