Palmeiras reformula captação e avaliação de atletas na base

O Palmeiras reformulou e estruturou um novo departamento de captação em seu Centro de Formação de Atletas

Agora, a equipe responsável por buscar talentos pelo Brasil conta com cinco profissionais, que terão como principal função avaliar jovens com potencial para defender as categorias de base do Verdão. As mudanças foram feitas com intuito de consolidar ainda mais a posição do clube como referência na formação de jogadores no futebol brasileiro.

Além de Juarez Fischer, observador técnico do Palmeiras desde o início do ano, outros quatro captadores se juntam ao time: Douglas Gramani (com passagem por São Paulo e Santos), Marcão (Desportivo Brasil, Grêmio e Mogi Mirim), Ricardo Oliveira (Desportivo Brasil) e Jorge dos Santos (ex-treinador da equipe Sub-13 do Audax). Além do posto de observadores técnicos, os cinco profissionais terão funções pré-definidas na organização do departamento.

Marcão, Fischer, Jorge, Ricardo e Douglas formam novo departamento de captação. (Fabio Menotti/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+


Marcão, Fischer, Jorge, Ricardo e Douglas formam novo departamento de captação. (Fabio Menotti/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Fischer, que já atuava como avaliador de jovens por todo o Brasil, ganha a companhia de Marcão Pirassununga nessa função. Jorge terá desempenho semelhante, mas fará as avaliações na região da Grande São Paulo, periferia e cidades satélites. Douglas Gramani será o representante da captação no escritório e alojamentos da base, e Ricardo Oliveira atuará diretamente na Academia de Futebol 2, em Guarulhos-SP, organizando as avaliações no CT e auxiliando na transição dos atletas recém-chegados aos respectivos plantéis.

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

A mudança é mais uma adotada pelo Palmeiras no Centro de Formação de Atletas. Desde 2013, com a chegada da diretoria formada por Marcelo Dedeschi e Roberto Specht, o clube tem evoluído na estrutura dedicada às categorias de base, além de realizar diversas melhorias no CT de Guarulhos-SP. O processo foi intensificado com a chegada do coordenador João Paulo Sampaio, no início desta temporada, aumentando a integração entre a base e o Profissional palmeirense.

“Com o aumento do número de profissionais na avaliação, conseguiremos dar um foco maior na atuação de cada um. Além da função que eles vão exercer na captação, também teremos um foco mais específico dividido por categorias, do Sub-11 ao Sub-20. Com essa quantidade e perfil de profissionais, conseguiremos marcar território na busca de jogadores pelo Brasil, para que o Palmeiras seja mais presente nas competições”, explicou João Paulo Sampaio.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post