T. Santos aprova dias em Atibaia e cobra evolução: ‘Temos de dar uma resposta’

Depois de sequência de resultados ruins no Brasileiro, o elenco do Palmeiras passará por um período de treinos em Atibaia, no interior de São Paulo

O local, que já foi abrigo do grupo palestrino logo após a chegada do técnico Marcelo Oliveira ao clube, traz boas recordações aos palmeirenses, já que o Verdão teve o seu melhor momento no Nacional depois de passar alguns dias longe da capital paulista.

Contratado depois da lesão de Gabriel, o também volante Thiago Santos não esteve na última passagem da equipe por Atibaia, mas sabe que este retiro é importante para a evolução de todos os jogadores.

“Eu acho bom, todos nós entendemos que faltam poucos dias para acabar o ano para a gente. Esses dias são importantes para este final de campeonato, e ainda temos uma final pela frente. Quando mais pudermos nos fechar, melhor. Eu ainda não estava aqui, mas tivemos uma sequência boa de vitórias depois da última vez que a equipe foi para Atibaia. Tenho certeza de que dará certo”, disse.

Thiago Santos aprovou o retiro do Palmeiras em Atibaia. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Thiago Santos aprovou o retiro do Palmeiras em Atibaia. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

O camisa 35, porém, reconhece que a missão de retornar ao grupo dos quatro melhores times do Brasileiro ficou mais complicada após o revés para o Vasco, no Allianz Parque.

“Tornou-se mais difícil. A gente sabe que este jogo que perdemos em casa deixou a nossa situação mais complicada, mas brigaremos. O Brasileiro é muito disputado e, se ganharmos duas partidas, podemos voltar à briga. Mesmo estando difícil, ainda dá”, declarou o atleta, que comentou sobre a oscilação do Palmeiras no torneio.

“Iremos para Atibaia para trabalhar, voltar e buscar a vitória. Uma equipe como o Palmeiras não pode estar na nona posição do campeonato. Temos de trabalhar muito para melhorar”, falou. “Se a gente perder, o Atlético-PR até passa a gente, então este jogo será uma final. Contra o Vasco, não deu, mas agora temos de pensar no futuro e chegarmos fortes contra o Atlético-PR”, completou.

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

Por fim, o volante também discursou sobre a decisão da Copa do Brasil contra o Santos, a ser realizada nos dias 25 de novembro (no litoral paulista) e 02 de dezembro (no Allianz Parque) – Thiago Santos não pode atuar na competição porque já jogou pelo seu ex-clube, o América-MG.

“Não gosto muito de ficar de fora. Quando o jogo é na arena, eu sempre vou ao estádio para estar junto com todos. Tenho certeza de que iremos fortes para a final, afinal foi assim nos mata-matas e contra o Santos não será diferente”, finalizou o palmeirense.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post