Cleiton Xavier treina duro nas férias e projeta 2016 diferente

Para se reapresentar em plena forma no dia 6 de janeiro, o camisa 10 contratou um profissional para ajudá-lo a realizar o cronograma elaborado pelo clube

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

Com contrato até fevereiro de 2018, o meia Cleiton Xavier quer protagonizar um ano de 2016 diferente da temporada atual, quando foi prejudicado por lesões, e, para isso, vem trabalhando duro nas férias. São quatro sessões diárias por semana de exercícios de fortalecimento, estabilidade e resistência.

Ciente de que o ano foi abaixo da expectativa, Cleiton comentou sobre os treinos especiais e da perspectiva para 2016.

“Cheguei da Europa no início deste ano, não consegui fazer a pré-temporada e isso me prejudicou bastante. Sofri com lesões e, por isso, não tive uma sequência de jogos. Recebi muitas críticas e absorvi todas, pois eu sei o que posso render. Garanto que não existe nenhuma pessoa mais chateada do que eu. Só eu sei o tanto que me dediquei e sofri por não poder jogar, por isso estou treinando forte nas férias para chegar bem preparado em janeiro e ajudar o Palmeiras dentro de campo”, analisou.

O meia Cleiton Xavier está fazendo quatro sessões diárias de exercícios para chegar preparado no dia 6 de janeiro. (Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

O meia Cleiton Xavier está fazendo quatro sessões diárias de exercícios para chegar preparado no dia 6 de janeiro. (Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação)

O treino especial de férias foi elaborado pelo fisioterapeuta do Palmeiras, Jomar Ottoni, e pelo preparador físico do clube, Juvenílson Souza. Para poder seguir de forma correta tudo o que lhe foi passado, o atleta contratou um profissional para ajudá-lo na execução dos trabalhos.

“Eu sei o quanto esses exercícios são importantes e resolvi ter a supervisão de um profissional, uma pessoa na qual eu confio, para poder me ajudar durante os treinos. Estamos trabalhando quatro vezes por semana e me sinto muito bem, cada dia melhor e com mais confiança”, afirmou o meia, que está em sua cidade natal, em São José da Tapera, em Alagoas.

Cleiton Xavier também fez questão de agradecer os elogios feitos pelo presidente do clube, Paulo Nobre, e aproveitou para falar do carinho que sente pelo Verdão.

“O Paulo Nobre é um cara muito correto e sempre confiou no meu futebol. Só tenho a agradecer por tudo o que ele fez por mim até agora. As palavras dele me motivam ainda mais para seguir me dedicando todos os dias para superar essa difícil temporada. Todo mundo sabe o carinho que tenho pelo clube e não medirei esforços para dar alegrias ao torcedor, que sempre me apoiou. Este ano não foi legal para mim, mas em 2016 será diferente. Se Deus quiser”, projetou o jogador.

Desde que retornou ao Palmeiras, no início de 2015, Cleiton Xavier entrou em campo 17 vezes, quatro delas como titular, marcou um gol e deu duas assistências. Contando a primeira passagem pelo clube, em 2009 e 2010, o meia fez 107 partidas pelo Verdão e balançou as redes em 17 oportunidades.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post